14 março, 2015

Mercadante nega ter sido afastado por Dilma de articulação com Congresso


O ministro Aloizio Mercadante, da Casa Civil, reage à informação de que, embora influente na articulação interna do governo Dilma Rousseff, está sendo afastado por ela da articulação dita externa, com senadores e deputados. "A verdade é que nunca foi minha função negociar projetos de lei no parlamento. Nunca fiz isso", diz o petista. 

O LÍDER
O reajuste da tabela do imposto de renda, por exemplo, foi negociado pelos ministros Joaquim Levy, da Fazenda, e Eduardo Braga, das Minas e Energia. "Ele [Braga] era o líder do governo no Senado, ainda não existe um novo líder, então ele ainda cumpre esse papel", diz. Mercadante seguiria com atribuições como, por exemplo, ajudar o ministro Pepe Vargas, de Relações Institucionais, a definir o preenchimento de cargos de segundo escalão do governo. 

TUDO CERTO
Sobre as manifestações de sexta (13) e de domingo (15), Mercadante segue a linha de Dilma e diz que elas devem ser encaradas de forma natural. "Eu sou de uma geração que só conhecia democracia por livros de história. Tinha 35 anos quando votei para presidente. E espero que os meus filhos e netos só conheçam períodos de exceção pelos livros de história."



Nenhum comentário:

Postar um comentário

O blog Olhar de Coruja apoia AMIR SANTOS - No 5 - candidato a DIRETOR DE PLANEJAMENTO NA PREVI