17 março, 2015

Ex-ministro JOSÉ DIRCEU diz que não recebeu recurso ilícito

Petrolão


O ex-ministro José Dirceu disse em nota que "repudia, com veemência, as declarações do doleiro Alberto Youssef de que teria recebido recursos ilícitos de Julio Camargo. 

A advogada Beatriz Catta Preta já havia dito que as declarações de Youssef sobre Camargo são "inverídicas". 

Dirceu diz que prestou todas as consultorias para as quais foi contratado. No caso da Camargo Corrêa, relata que o trabalho envolvia a compra de uma fábrica de cimento em Portugal. Diz ter viajado, por isso, cinco vezes para aquele país. 


O PT disse que João Vaccari Neto segue orientações do partido, não de Dirceu, e que "só recebe doações legais e que são posteriormente declaradas ao TSE". A Camargo Corrêa afirma colaborar com a investigação. Franco Clemente Pinto confirmou que trabalha para Julio Camargo, mas não quis se pronunciar.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

O blog Olhar de Coruja apoia AMIR SANTOS - No 5 - candidato a DIRETOR DE PLANEJAMENTO NA PREVI