26 março, 2015

A roubalheira na PETROBRÁS atingiu o coração, os pulmões e principalmente o cérebro dos Fundos de Pensão


Ivan Sant'AnnaNo final dos anos 1970 e início dos 1980 os fundos de pensão já dominavam o mercado de ações. Para quem era sócio de uma corretora, como eu, ou subornava os administradores desses fundos ou não conseguia bons clientes. Essa foi uma das razões pelas quais troquei o mercado nacional pelo internacional e fui ser corretor nas bolsas de Nova York e de Chicago.

 Não que eu tenha sido uma reserva moral do mercado (também fiz minhas estripulias) mas sempre detestei essa história de suborno.

Chequei a perder uma causa trabalhista que envolvia uma importância vultosa, só porque me recusei a dar dinheiro para o perito indicado pelo juiz. Assim como me recusei a subornar um oficial de Justiça que me pediu uma grana “para não me localizar”, numa ação de despejo. Pois bem, quando larguei o mercado escrevi “Rapina”, livro no qual eu mostro como funciona a corrupção nesses fundos. Portanto o processo é antigo e não foi inventado pelo PT. Só que os ladrões eram mais comedidos. Agora não. Nos governos Lula e Dilma os administradores dos fundos de pensão praticamente roubaram a maior parte do dinheiro, investindo-o em projetos furados em troca de suborno. Quem vai pagar o pato agora são as pessoas que se aposentarão por esses fundos além, é claro, daquelas que já estão aposentadas. O primeiro caso claro é o do maior dos fundos, o Postalis, dos Correios, que sofreu um assalto de R$ 5,6 bilhões. Os empregados dos Correios, tanto os da ativa como os aposentados, terão de pagar 25,9% dos seus salários ou de suas pensões para compensar a roubalheira. Isso pode ser apenas a ponta do iceberg pois a Petrobras também tem seu fundo, o Petros, o Banco do Brasil, a Previ, e a Caixa Econômica, o FUNCEF. Isso tudo foi assaltado pela quadrilha que se apossou do Brasil. Por que não roubaram com moderação, como antes? Não dava para comprar um Portinari? Tinha de ser um Joan Miró?


Muita atenção amados colegas, quem fala assim não é gago, a coisa se mostra cada vez mais tenebrosa para nossa PREVI.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O blog Olhar de Coruja apoia AMIR SANTOS - No 5 - candidato a DIRETOR DE PLANEJAMENTO NA PREVI