09 março, 2015

Fundo de pensão será líder de ação coletiva contra Petrobras nos EUA

O fundo de pensão de professores e pesquisadores USS (Universities Superannuation Scheme), do Reino Unido, foi escolhido pelo juiz Jed Rakoff para liderar a ação coletiva contra a Petrobras nos Estados Unidos.


De acordo com uma petição protocolada na Corte de Nova York, o fundo –que administra cerca de US$ 69 bilhões em recursos de 300 mil membros– teve prejuízo de US$ 84 milhões em seus investimentos na companhia brasileira nos EUA.


O investidor líder é quem vai tomar todas as decisões envolvidas no processo e, se for o caso, negociar um acordo com empresa. A ação pode levar anos para ser concluído.


Qualquer investidor que tenha aplicado em ADRs (recibos de ações da companhia na Bolsa de Nova York) ou em títulos de dívida da Petrobras entre janeiro de 2010 e novembro de 2014 pode se beneficiar do resultado do processo, mas só o líder participa ativamente dele.


Nove petições de investidores interessados em liderar a ação foram apresentadas ao final do prazo, em 6 de fevereiro. Juntos, os prejuízos desses acionistas somam até US$ 527,7 milhões, segundo levantamento da Bloomberg. 


Também disputavam a liderança a gestora Skagen, da Noruega, e o Danske Bank, da Dinamarca, com até US$ 267 milhões de prejuízo e um grupo de fundos de pensão de servidores dos Estados de Ohio, Idaho e do Havaí, até US$ 127 milhões. 


A brasileira Daniela Silva, moradora de Miami e que teve perdas de US$ 266 mil, pediu para se juntar ao líder da ação para representar os investidores individuais, mas foi deixada de fora pelo juiz. 


Cinco ações contra a Petrobras foram protocoladas na corte desde dezembro –por ordem do juiz, todas foram unificadas em uma. 

Nesta sexta (6), será realizada uma teleconferência entre o juiz e os advogados do USS, o escritório Pomerantz, e da Petrobras, representada pela firma Cleary Gottlieb Steen &




Nenhum comentário:

Postar um comentário

O blog Olhar de Coruja apoia AMIR SANTOS - No 5 - candidato a DIRETOR DE PLANEJAMENTO NA PREVI