15 março, 2015

Oposição decide aderir em bloco a protesto anti-Dilma


Protestos de março de 2015


Integrantes dos dois maiores partidos de oposição ao governo Dilma Rousseff (PT) vão aderir em bloco às manifestações organizadas contra a petista nas principais capitais do país neste domingo (15). Em São Paulo, por exemplo, a bancada de vereadores do PSDB, deputados estaduais, federais e ao menos três secretários do governador Geraldo Alckmin confirmaram suas presenças no protesto. 

A oposição aposta nos movimentos de rua como uma flecha de duas pontas voltada para o coração do PT: eles podem ampliar o desgaste da imagem da presidente e funcionar como motor para o avanço das investigações no Congresso sobre o escândalo de corrupção na Petrobras

Para que a fragilidade do governo aumente, eles torcem para que o protesto deste domingo seja grande a ponto de estimular outros depois. Interlocutores do senador Aécio Neves, presidente nacional do PSDB e adversário de Dilma nas últimas eleições presidenciais, dizem que os atos deste domingo devem ser vistos como a primeira etapa de uma longa maratona. 

O PSDB e o DEM apoiam formalmente as manifestações, mas têm feitos declarações cautelosas sobre a legitimidade dos pedidos de impeachment da presidente.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

O blog Olhar de Coruja apoia AMIR SANTOS - No 5 - candidato a DIRETOR DE PLANEJAMENTO NA PREVI