26 janeiro, 2015

De olho em Pizzolato

O governo brasileiro deposita em um julgamento marcado para hoje as esperanças de conseguir extraditar o ex-diretor do BANCO DO BRASIL Henrique Pizzolato. Condenado pela Justiça Federal do Espírito Santo a 20 anos de prisão por tráfico de drogas, o desfecho do caso envolvendo o holandês Ronald van Coolwijk pode ser a chave para que o mensaleiro volte ao país. O argumento de ambos é o mesmo: não podem ser enviados ao Brasil devido às más condições das penitenciárias brasileiras - classificadas pelo ministro da Justiça, José Eduardo Cardoso, como "masmorras medievais". Caso os magistrados italianos autorizem a extradição de Coolwijk, o caminho para punir Pizzolato, condenado a 12 anos e 7 meses de prisão, estará aberto. 

Pautados no mesmo argumento de Pizzolato, os advogados de Coolwijk conseguiram reverter a extradição concedida em primeira instância. Para rebater os argumento da defesa do holandês - condenado em 1995 em posse de 625 quilos de cocaína -, o governo brasileiro enviou para Roma o chefe de gabinete da Procuradoria-Geral da República, Eduardo Pelella, que deve fazer a sustentação contra as alegações do condenado. De acordo com a Advocacia-Geral da União (AGU), a negativa da extradição não pode ser justificada apenas na "percepção generalizada" sobre as condições das cadeias brasileiras. "A Corte de apelação de Roma têm uma estrutura especializada em matéria internacional. E suas decisões costumam ser seguidas com atenção por outras cortes da Itália", explicou o procurador, que também acompanhará o julgamento de Pizzolato, em 11 de fevereiro. 

No caso do condenado no mensalão, a Justiça italiana negou o pedido de extradição em outubro depois que a defesa apresentou imagens da decapitação de presos, ocorrida no presídio de Pedrinhas (MA). O governo brasileiro entregou à Justiça italiana documentos que comprovam as boas condições dos presídios da Papuda (DF) e das penitenciárias de Santa Catarina, onde Pizzolato tem domicílio.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O blog Olhar de Coruja apoia AMIR SANTOS - No 5 - candidato a DIRETOR DE PLANEJAMENTO NA PREVI