04 fevereiro, 2015

PT quer relatoria ou presidência da nova CPI da Petrobras, diz líder

O novo líder do PT, deputado Sibá Machado (AC), disse nesta quarta-feira (4) que o partido, como maior legenda da Câmara dos Deputados, reivindicará a presidência ou a relatoria de uma futura CPI (Comissão Parlamentar de InquéritoI) para investigar a Petrobras. O pedido de criação da comissão na Casa foi protocolado na terça-feira pela oposição.


"Não vale, nesses casos, a formação de blocos. O que vale aqui são os tamanhos das bancadas", disse Sibá, ao sair de reunião da bancada do PT. "A maior vai reivindicar a relatoria ou a presidência. Neste caso, é direito nosso e nós vamos reivindicar."


Sibá Machado foi escolhido líder do PT nesta quarta-feira, por aclamação, para o ano de 2015. Ele substitui o deputado Vicentinho (SP), que ocupou o cargo de 2014 ao início deste ano.


O novo líder disse ainda que o partido manterá seu protagonismo na Câmara, mesmo sem ocupar nenhum cargo na atual Mesa Diretora. "O nosso partido, a nossa bancada, sabe das responsabilidades. Em primeiro lugar, [vamos] ouvir as demandas do governo com muito carinho, estudá-las, compreendê-las e avançá-las. Em segundo, ouvir as deliberações do nosso partido e, por fim, aquilo em que a sociedade pede uma colaboração nossa."

Reforma política


Sibá Machado também criticou a atuação do novo presidente da Câmara, Eduardo Cunha, que busca agilizar a análise de alguns temas, como a reforma política. "Temos um presidente na Casa que botou uma peça de chumbo na sola do sapato, querendo acelerar o máximo dentro daquilo que ele entende ser o melhor."


A admissibilidade da proposta de reforma política (PEC 352/13) foi aprovada na terça-feira pelo Plenário da Câmara. O PT é contrário ao texto em razão de ele manter o financiamento privado de campanha.

Ampliar


CPI da Petrobras

11.dez.2014 - O deputado Carlos Sampaio (PSDB-SP) conversa com jornalistas sobre a apresentação por parte da oposição de relatório paralelo ao apresentado pelo deputado Marco Maia (PT-RS) na CPMI da Petrobras. Segundo ele, o novo documento será divulgado na próxima quarta-feira (17). Sampaio diz que relatório paralelo vai pedir o indiciamento de ex-diretores da Petrobras, políticos e empresários suspeitos de envolvimento no esquema. O deputado não elencou quantos indiciamentos pedirá, nem de quais políticos Leia mais Pedro Ladeira/Folhapress

AHAHAHAHAHAH!!!
Que deputadozinho mais cara de pau! Como que um partido tão desmoralizado e envolvido com corrupção  até o pescoço tem o desplante de reivindicar algo de tamanha responsabilidade?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O blog Olhar de Coruja apoia AMIR SANTOS - No 5 - candidato a DIRETOR DE PLANEJAMENTO NA PREVI