25 fevereiro, 2015

Dilma diz que rebaixar nota da Petrobras é 'desconhecimento'

Em meio à maior crise que enfrenta deste o início de seu governo, a presidente Dilma Rousseff afirmou nesta quarta-feira (26), em Feira de Santana (BA), que o rebaixamento da nota da Petrobras foi uma falta de conhecimento sobre o que ocorre na estatal. 

"Eu acho que [o rebaixamento da nota] é uma falta de conhecimento direito do que está acontecendo na Petrobras. Agora eu não tenho dúvida que a Petrobras vai ser uma capacidade de se recuperar disso sem grandes consequências", disse a presidente a jornalistas após cerimônia para entregas de residência do Minha Casa, Minha Vida. 

Nesta terça (24), a agência de classificação de riscos Moody's rebaixou em dois graus a nota da maior estatal brasileira, levando à perda do chamado grau de investimento, espécie de selo de empresa segura para se investir.

Questionada se foi correta a atuação do governo e do ministro Joaquim Levy (Fazenda), de tentar demover a agência da decisão, Dilma disse que "o governo sempre vai tentar evitar o rebaixamento, isso é absolutamente natural". 

"Nós só lamentamos que não tenha tido correspondência por parte da agência, mas eu acho que isso está superado", afirmou. 

A presidente disse ainda não acreditar que a nota de risco do Brasil também seja rebaixada, em consequência da crise econômica e política que o país enfrenta. 

DIESEL
 
Dilma também afirmou que o governo não irá baixar o preço do diesel, uma das reivindicações de caminhoneiros que, em protesto contra a alta do combustível e o baixo valor dos fretes, fecharam estradas nesta semana em ao menos 11 Estados, provocando desabastecimentos e afetando o setor produtivo. 

"O governo não tem como baixar o preço do diesel", disse. Segundo a presidente, o governo não elevou o preço do óleo, mas apenas recompôs o valor da Cide (tributo regulador do preço de combustíveis). "O que fizemos foi recompor a Cide. E não elevamos uma vírgula o preço dos combustíveis e nem abaixamos." 

A presidente reclamou que o governo foi criticado quando baixou a Cide, e também quando o tributo foi retomado. "Quando a parte dura da crise começou, nós baixamos a Cide para poder ter um enfrentamento da crise. Agora nós achamos que é hora de voltar com a Cide." 

Ela não detalhou quais medidas o governo irá oferecer aos caminhoneiros em rodada de negociações que está prevista para ocorrer nesta tarde, em Brasília. 

'NOVO CICLO
 
Dilma participou, em Feira de Santana (a 108 km de Salvador), da entrega de 920 residências do programa Minha Casa, Minha Vida. Durante o evento, ela afirmou que tem "coragem suficiente para fazer as mudanças necessárias" em seu governo, mas que não abrirá mão dos programas sociais, como o de habitação popular. 

"Ninguém faz ajuste por fazer. Eu faço ajuste no meu governo como uma mãe, uma dona de casa faz na casa dela. Nós precisamos de dar condições para retomar um novo ciclo de desenvolvimento econômico, para gerar mais emprego, gerar mais renda e fazer que o Brasil continue a crescer de forma acelerada", afirmou. 

Dilma afirmou ainda que, para viabilizar este "novo ciclo", o governo está fazendo ajustes conjunturais, alguns momentâneos e outros permanentes, como a reforma tributária. 

"Nós fizemos uma série de medidas. Algumas vão ser permanente, ou seja, a estrutura da tributação vai ser permanente. Outras que vão flutuar conforme a conjuntura", afirmou. "O que nós estamos fazendo é o seguinte, preparando o Brasil para um novo ciclo de crescimento. O nosso compromisso é um só: é emprego, é salário, e é renda das pessoas." 

Passados menos de dois meses de seu segundo mandato e enfrentando um escândalo de corrupção na Petrobras, alta da inflação e perspectiva recessão na economia, Dilma enfrenta a mais grave crise desde o início de seu governo, em 2011. 

As unidades dos condomínios Solar da Princesa 3 e 4 tiveram investimento de R$ 52,4 milhões pelo governo federal. Os contemplados nesta quarta se enquadram na primeira faixa do programa, que beneficia famílias com renda mensal de até R$ 1.600 e que pagarão parcelas de até R$ 80 ao mês pelo imóvel. 

INFLAÇÃO
 
Sobre a alta da inflação, Dilma atribuiu parte do problema à seca, que "afetará tanto o custo dos produtos alimentícios como o custo dos produtos em geral por conta da energia elétrica". 

Segundo dados divulgados pelo IBGE nesta terça, o índice que mede a prévia da inflação, IPCA-15, atingiu 7,36% no acumulado de 12 meses, o maior da série histórica. Na véspera, pesquisa Focus, realizada pelo Banco Central, mostrou maior pessimismo da economia e expectativa de recessão, com queda de 0,5% do PIB. 

"Se você tem um momento de seca, você tem um efeito direto nos preços dos alimentos. Cesta básica é alimento. E cesta básica, preço de alimento, com seca e tudo, influencia a inflação. Inflação é efeito da cesta básica, é efeito do aumento de preços", afirmou.


Realmente, ninguém mais, melhor que Dilma tenha maior conhecimento sobre a PETROBRAS. Inclusive da grande  roubalheira dentro da Estatal!

4 comentários:

  1. Sugiro maior cuidado com o conteúdo publicado. Neste artigo, consta que hoje, quarta-feira, 25/02, é, na verdade, 26/02.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você não está em condições de sugerir nada. Você está perdido no tempo e no espaço.

      Já tentou configurar direitinho seu blog? Ele sim, pode está errado. Acorda!!!

      Excluir
  2. EMBORA EU SAIBA QUE UMA FAMÍLIA ; E AQUI NÃO SE MENCIONA NEM O TAMANHO DOS IMÓVEIS COMO A QUANTIDADE DE FILHOS QUE PODERÃO
    TENTAR SOBREVIVER COM 1.600 REAIS ; FORA PAI E MÃE .

    CLARO QUE ELES SERÃO BENEFICIADOS PAGANDO 5% DE SEU RENDIMENTO AUFERIDO PELA FAMÍLIA .!!!

    CHEGA A 02 SALÁRIOS MÍNIMOS E SE CONVEM QUE É UMA MERRECA ; MAS 5% DA RENDA É COMO UM GRANDE PRESENTE E COM CERTEZA ESTA SUPOSTA FAMÍLIA ( DIGO PAI/MÃE ) SÃO TODOS FUTUROS VOTANTES COMPRADOS A VOTAREM NA CAMARILHA PETRALHA COM CERTEZA .;!!!

    SABEMOS QUE SAI DO BOLSO DE QUEM TEM UMA RENDA MAIOR QUE NÃO VÊ A CORREÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA HÁ MUITOS ANOS ; POIS O DEVIDO IMPOSTO ESTA DEFASADO EM MAIS DE 64 % .

    CHEGAMOS A CONCLUSÃO QUE PAGAMOS TUDO MAIS CARO PARA QUEM TRABALHOU ANOS A FIO QUE É O MEU CASO E QUE HOJE APESAR DE MAU APOSENTADO ; 35 ANOS E HOJE TEMOS QUE ARCAR E SUSTENTAR QUEM AINDA QUEM SABE NEM HAVIA NASCIDO NO PASSADO .

    ESTE DES+GOVERNO É IMORAL E BANDIDO . POIS ROUBA DE NÓS QUE NOS FERRAMOS ANOS ATRÁS E HOJE RECEBEMOS MERRECAS DE AUMENTOS E TEMOS QUE SUSTENTAR OS MENDIGOS DO BANANÃO .

    ESTA CAMARILHA REALMENTE COMO DIZ UMA IDIOTA TAL DE MARILENA QUE ODEIA A CLASSE MÉDIA .! E VI O PILANTRA MOLUSCO APLAUDINDO ELA REPETIR ESTA FALÁCIA VAGABUNDA .

    ELE O LADRÃO MAIOR OU MAFIOSO BANDIDO ; JUNTAMENTE COM SEU FILHO

    MOLUSQUINHO QUE FICOU MILIONÁRIO DA NOITE PARA O DIA SEM FAZER MERDA NENHUMA .

    ESTAMOS FERRADOS MESMO E VIRAMOS A ESCÓRIA DESTE BANANÃO IMORAL .!
    NEM TEMOS COMO APOSENTADOS NENHUMA PERSPETCTIVA VIVER DESCENTEMENTE .

    E SOMOS OBRIGADOS A ACEITAR TODAS ESTAS SACANAGENS E ROUBALHEIRAS SEM FIM .!!! E SALVE-SE QUEM PUDER .!! QUE PAÍSINHO DES+AVERGONHADO ESTE SAFADO .!!!!



    ResponderExcluir
  3. O livro intitulado " 1984 " do escritor George Orwell conta exatamente o que nos espera se não estancarmos essa sede de PODER do PT. São capazes de tudo: mentiras, corrupção, assassinatos, calúnias, atribuir a outros as suas falhas, etc.etc....O DIA 15/03/2105 está chegando!!!

    ResponderExcluir

O blog Olhar de Coruja apoia AMIR SANTOS - No 5 - candidato a DIRETOR DE PLANEJAMENTO NA PREVI