23 fevereiro, 2015

Oposição quer convocar Bendine para explicar carona a socialite

Danilo Verpa - 29.abr.2013 e Bruno Poletti - 10.mar.2014/Folhapress
O presidente da Petrobras Aldemir Bendine e a socialite Val Marchiori
A oposição quer explicações do presidente da Petrobras, Aldemir Bendine, sobre a carona para a socialite Val Marchiori e mais dois amigos num jato a serviço do Banco do Brasil na época em que era o presidente do banco. 

Líderes do DEM e do PSDB devem apresentar requerimentos nas comissões da Casa convidando Bendine a tratar do caso, que foi revelado nesta segunda-feira pela Folha. Os colegiados da Câmara devem começar a funcionar na próxima semana. 

O líder do Democratas na Câmara dos Deputados, Mendonça Filho (PE), disse que também encaminhará requerimento de informação a Secretaria de Aviação Civil solicitando dados de voos (datas, tripulantes e passageiros) à Argentina em 2010 que tenham sido realizados para missão do banco público. 

"Credibilidade é essencial para o presidente de uma empresa como a Petrobras, especialmente no momento atual em que a estatal está mergulhada em um escândalo gigantesco de corrupção e têm problemas sérios de gestão. Se for provado que Bendine mentiu não há condições de ele continuar como presidente da Petrobras", afirmou Mendonça Filho. 

A Folha mostrou que Bendine e o então vice-presidente da área internacional do banco, Allan Toledo, viajaram para Buenos Aires em missão oficial em 20 de abril de 2010, para concluir a aquisição do Banco da Patagonia. A presença da socialite foi relatada em depoimento de Toledo ao Ministério Público Federal. 

Três anos depois dessa viagem, Marchiori obteve um empréstimo de R$ 2,7 milhões do Banco do Brasil para sua empresa, numa operação que contrariou normas internas do banco. Após a notícia da operação de crédito, Bendine se tornou alvo de investigação do Ministério Público e de inquérito da Polícia Federal.



Editoria de Arte/Folhapress


Nenhum comentário:

Postar um comentário

O blog Olhar de Coruja apoia AMIR SANTOS - No 5 - candidato a DIRETOR DE PLANEJAMENTO NA PREVI