25 fevereiro, 2015

Lula encontra cúpula do PMDB no Senado em meio a crise de articulação

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva marcou um encontro em Brasília com a cúpula do PMDB no Senado nesta quarta-feira (25) em um esforço para reforçar as pontes com a sigla, que deflagrou novos movimentos de insatisfação com o governo Dilma Rousseff. 

A conversa do petista com os senadores do PMDB ainda não tem horário confirmado. A reunião deve ter a participação do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), dos senadores Romero Jucá (PMDB-RR) e Eunicio Oliveira (PMDB-CE), e do ex-senador e ex-presidente José Sarney (PMDB-AP). 

Até o fim de 2014, a bancada do PMDB no Senado e o próprio Renan eram considerados peças fundamentais para o governo Dilma no Congresso diante da rebelião que a sigla liderou na Câmara. Os senadores, no entanto, foram os principais críticos à articulação política do Palácio do Planalto em jantar na segunda-feira (23) na residência oficial do vice-presidente Michel Temer. 

Diante do ministro Aloizio Mercadante (Casa Civil), Renan reclamou do tratamento dado pelo governo ao PMDB e disse que seu partido só é convocado quando o Planalto precisa de seus votos. No dia seguinte, afirmou em entrevistas que a coalizão de Dilma com seu partido está "capenga". 

À noite, Lula se reúne com senadores do PT no apartamento de Jorge Viana (PT-AC) para discutir o engajamento do partido na votação de medidas de ajuste econômico do governo. 
 
 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

O blog Olhar de Coruja apoia AMIR SANTOS - No 5 - candidato a DIRETOR DE PLANEJAMENTO NA PREVI