06 novembro, 2014

Uma pista para a polícia no caso Pizzolato

Para fugir para a Itália, o ex-diretor do Banco do Brasil Henrique Pizzolato forjou uma série de documentos. Henrique tirou RG, CPF, passaporte e até mesmo inscrição eleitoral falsos. Sem o menor pudor, fez tudo em nome de Celso, seu irmão morto, em 1978, num acidente de carro. 
 
Condenado a 12 anos e 7 meses de prisão por corrupção, peculato e lavagem de dinheiro no processo do mensalão, Henrique pôs seu plano em prática em novembro de 2007, quando deu entrada, em Santa Catarina, para tirar uma carteira de identidade em nome de Celso. Daí foi um passo para o restante da papelada. 

Para obter um passaporte, o falecido Celso precisava estar em dia com a Justiça Eleitoral. Em 2008, pronto, Celso votou (que partido terá recebido o voto do morto?). Celso prestou até declaração de Imposto de Renda à Receita Federal. 

A Polícia Federal vai indiciar Henrique sob suspeita dos crimes de falsidade ideológica e uso de documentos falsos. 

De acordo com a PF, uma fragilidade no sistema permite a qualquer um retirar documentos em nome de outra pessoa. O RG original de Celso era de São Paulo. Henrique tirou segunda via do documento de identidade do irmão no Rio e em Santa Catarina. Não há no Brasil um sistema de informações interligado entre os Estados que permita identificar, em tempo real, esse tipo de fraude. 

Se tirou todos esses documentos, que dificuldade o falecido Celso teria para abrir uma conta-corrente? Nenhuma. Segundo a coluna apurou, Celso abriu uma conta num dos maiores bancos privados do país em 2008. 

Quanto Celso recebeu em depósitos nessa conta? Quem depositou dinheiro para ele? Quanto ele movimentou? Fez saques no exterior? É a velha máxima de qualquer investigação, "follow the money". 
 
Que a polícia vá atrás e não permita que Henrique, solto pela Justiça italiana na semana passada, não coma pizza com o rico dinheirinho do irmão morto. 


Um comentário:

  1. VERDADEIRO ABSURDO . SOMENTE AQUI NO BANANÃO ESTE TIPO DE GOLPE É PERPRETADO . QUE VERGONHA . SOMOS UM LIXO DE PAÍS MESMO . ELE DEVE TER SUBORNADO ALGUNS "SERVIDORES" "PÚBLICOS" COM CERTEZA .!!!!!

    QUANTA IMORALIDADE .!!!! QUE VERGONHA . POR ISTO VIVEMOS TODAS ESTAS COISAS ERRADAS E SE PERMITE QUE CONTINUEM EXISTINDO .!!!

    ResponderExcluir

O blog Olhar de Coruja apoia AMIR SANTOS - No 5 - candidato a DIRETOR DE PLANEJAMENTO NA PREVI