06 novembro, 2014

Eremildo, o Idiota

⤵︎ Ouça aqui esta postagem
Foto da capa:

(Uma fábula de Isa Musa de Noronha)

            Eremildo é um idiota. Mora em um Fundo de Pensão na maior pindaíba e passa os dias a vigiar o senhorio, pra ver se da mesa dele caem algumas migalhas para seu prato. O pior é que Eremildo não precisava disso!

            Como inquilino desse Fundo de Pensão, paga pontualmente seu aluguel, cumpre com todas as suas obrigações, exceto votar nas assembléias dos condôminos. É que, idiota, Eremildo não acredita que votação alguma vai melhorar seu Fundo de pensão. Outros condôminos já tentaram abrir os olhos de Eremildo: "olhe, meu amigo, o senhorio só faz o que lhe dá a telha porque a gente se omite, não comparece às assembléias, não se candidata a síndico e nunca estamos a fim de votar em algum outro condômino que não seja da panela do síndico ou do senhorio”.

            Com tal omissão, o senhorio deita e rola e o síndico e seus comparsas não ficam atrás. Mas Eremildo é um idiota, não se esqueçam. Sobrinho da velhinha de Taubaté, passa os dias dizendo que vai fazer e acontecer, mas não tira o traseiro da poltrona. Todo dia 20, corre a conferir o que o síndico e o senhorio botaram em sua conta. É que o Fundo de Pensão é assim mesmo... Ganha tanto aplicando o que lhe pagam os condôminos que pode se dar ao luxo de, mensalmente, molhar a mão dos moradores do Fundo de Pensão.

            Completamente idiota, Eremildo achou o maior barato quando o senhorio (e o síndico) deixaram de cobrar dele todo mês o aluguel.

"Criamos um fundo de reserva", anunciaram, eufóricos, o senhorio e o sindico... Idiota, Eremildo ficou super feliz e sequer cogita de que um dia a lagoa pode secar.

            Enquanto isso, as mesas do senhorio e do síndico transbordam de migalhas, mas todas elas caem nas mãos de terceiros: é financiamento de campanha para o partido da simpatia deles, é comprando micos. Compraram tantos micos que quem passa lá pelas bandas de Botafogo acha que está entrando no "planeta dos macacos". Compram de tudo, é avião caindo, navio afundando, hotel falido, resorts em praia deserta e cheia de coral, hospital tombado pelo patrimônio histórico e até parque temático em cidade de peregrinação religiosa. É que, enquanto Eremildo é um idiota, o senhorio e o síndico são muito espertos.

            Como todo idiota, Eremildo sequer se mira no exemplo danoso de seus vizinhos; outros condôminos que moravam em um outro Fundo de Pensão. Os coitados, tão idiotas quanto Eremildo, fecharam os olhos a mil e uma travessuras do senhorio deles que um dia a pensão fechou e foram todos despejados: sem teto, sem sequer receber as migalhas mensais...

            De vez em quando, senhorio e síndico se reúnem às portas fechadas em belas poltronas de couro, entornam uísque e se embucham de acepipes tramando que novas maldades vão fazer com seus inquilinos... Idiota, Eremildo fica cá de fora, na calçada em frente ao Fundo de Pensão apurando os ouvidos para ouvir as gargalhadas. Enquanto isso, entre as sombrias paredes do palácio, senhorio e síndico combinaram com o poder federal uma ação de despejo que em breve botará no olho da rua o idiota do Eremildo....

(Obs.: "Eremildo, o Idiota" é um personagem de Elio Gaspari. Tomei emprestado dele, o nome, porque esse ai, de minha criação, é inquilino de um fundo de pensão).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O blog Olhar de Coruja apoia AMIR SANTOS - No 5 - candidato a DIRETOR DE PLANEJAMENTO NA PREVI