09 outubro, 2014

Após aval a Marina, Rede defende voto branco, nulo ou em Aécio


Após ter dado aval a Marina Silva (PSB) para declarar apoio a Aécio Neves (PSDB) no segundo turno das eleições, a Rede Sustentabilidade, grupo político da ex-senadora, decidiu em reunião que durou até a madrugada desta quinta-feira (9) liberar seus eleitores a votar branco, nulo ou no tucano. 

Segundo Walter Feldman, porta-voz da Rede, o grupo decidiu que não irá sugerir voto na presidente Dilma Rousseff (PT) em "hipótese nenhuma". "A síntese da mudança significa hoje voto em Aécio, nulo ou branco", explicou. 

Em reunião da Executiva da Rede, na terça-feira (8), já tinha ficado definido a postura de "mudança qualificada" e a "não continuidade do governo que aí está", além da liberação de Marina para firmar sua opção individual, como antecipou a Folha. 

Nesta quarta, porém, o diretório nacional da Rede contava com muitos integrantes que resistiam em declarar o voto em Aécio nominalmente e, por isso, optou-se por liberar os votos branco e nulo. 

A Rede decidiu ainda fazer um documento com propostas que considera fundamentais que sejam assumidas por ambos os candidatos no segundo turno. 

Ainda nesta quarta, o PSB decidiu em Brasília pelo apoio a Aécio no segundo turno. Com essa postura, PSB e Rede liberam Marina para declarar oficialmente sua posição nesta quinta-feira.
 





Nenhum comentário:

Postar um comentário

O blog Olhar de Coruja apoia AMIR SANTOS - No 5 - candidato a DIRETOR DE PLANEJAMENTO NA PREVI