18 outubro, 2014

Petrobras repassou meio bilhão de dólares a Evo durante sua campanha


Além da artilharia pesada da oposição, antes e no meio desta campanha eleitoral, sobre a corrupção na estatal, a Petrobras virou alvo do Ministério Público Federal por causa de um – muito – suspeito pagamento adicional ao governo da Bolívia pelo chamado 'gás rico'. Em abril o blog denunciou o caso, lembre aqui 
A petroleira repassou em setembro à Bolívia cerca de US$ 434 milhões – mais de R$ 1 bilhão – por aditivo contratual, para pagar fornecimento de gás retroativo desde 2006 – algo que o contrato inicial não estipulava – para a petroleira boliviana YPFP.
A polêmica é maior porque o dinheiro foi repassado na reta final da vitoriosa campanha de reeleição do presidente Evo Morales para o seu terceiro mandato ( ele mudou a Constituição para disputar, entenda aqui ).
O adicional foi um acordo político de aliados: um pedido de Evo para o então presidente Lula, anos atrás, que se formalizou mês passado.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

O blog Olhar de Coruja apoia AMIR SANTOS - No 5 - candidato a DIRETOR DE PLANEJAMENTO NA PREVI