01 fevereiro, 2016

CPI dos Fundos de Pensão ouve ex-tesoureiro do Partido dos Trabalhadores na próxima quarta

 

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga irregularidades na gestão dos Fundos de Pensão realiza audiência pública na próxima quarta-feira (3) para ouvir o ex-tesoureiro do PT, João Vaccari Neto e o Diretor de Investimentos da Fundação Petrobras de Seguridade Social (Petros), Lício da Costa Raimundo.

O requerimento de convocação de Vaccari é assinado pelos deputados Hissa Abrahão e Carmen Zanotto, ambos do PPS, que querem que Vaccari preste esclarecimentos acerca das denúncias de interferência para influenciar decisões de investimentos mal sucedidos em fundos de pensão de empresas públicas.

Já o pedido para ouvir Lício da Costa foi feito em 5 diferentes requerimentos, de autoria dos deputados Paulo Azi (DEM-BA); Marcus Pestana (PSDB-MG) e Rocha (PSDB-AC); Fernando Francischini (SD-PR); Pompeo de Mattos (PDT-RS); e João Arruda (PMDB-PR).

Segundo os deputados, a CPI precisa de informações sobre as denúncias feitas em delação premiada do advogado Carlos Alberto Pereira Costa, um dos auxiliares do doleiro Alberto Youssef, que declarou que o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto intermediava negócios na Petros e em outros fundos de pensão.

O negócio envolvendo Vaccari teria rendido, segundo o advogado, R$ 500 mil em propinas a ex-gerentes da Petros.

A reunião está marcada para 10 horas, no Plenário 3.
Da Redação - MT

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'


  • Câmara Notícias
    Expediente
    Disque-Câmara: 0800 619 619 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O blog Olhar de Coruja apoia AMIR SANTOS - No 5 - candidato a DIRETOR DE PLANEJAMENTO NA PREVI