28 agosto, 2015

FAABB NO STJ e na CPI DOS FUNDOS DE PENSÃO

 
Às

Associações de Aposentados e Pensionistas do Banco do Brasil

Sr. Presidente,

            No próximo dia 31, estaremos eu e Ruy Brito, representando a FAABB em Audiência Pública no Superior Tribunal de Justiça debatendo com Ministros e outros interlocutores a definição sobre que regulamento é aplicável ao participante de plano de previdência privada para fins de cálculo da renda mensal inicial do benefício complementar. Em linhas gerais, o STJ deverá definir o que vale para calcular a renda mensal inicial de benefícios concedidos pelos Fundos de pensão: se o Contrato de Adesão, quando da posse do funcionário, ou seja o Ato Jurídico Perfeito e o Direito Adquirido ou as regras vigentes no momento da aposentadoria.

            Como Presidente da FAABB tomei a iniciativa de convidar, como nosso expositor, o Ruy Brito, que é reconhecido por todos nós como especialista nessas discussões.

            A convocação do STJ com a ordem dos embates está anexa a este e-mail.

 
            Também a FAABB foi convocada para a CPI dos Fundos de Pensão. Como tem sido amplamente divulgado pela imprensa, essa CPI tem a finalidade de investigar indícios de aplicação incorreta dos recursos e de manipulação na gestão de fundos de previdência complementar de funcionários de estatais e servidores públicos. O Requerimento foi protocolado na CPI pelo Deputado Pompeu de Matos e leva o número 264/2015.

            O Requerimento está anexo a este e-mail.

Requerimento - CPI DOS FUNDOS DE PENSÃO            

Tanto na Audiência Pública no STJ, quanto na CPI dos Fundos de Pensão, reitero que a FAABB se portará com clareza e ponderação, mas em defesa intransigente da verdade,  velando sempre pelos interesses de participantes e assistidos da PREVI.

Atenciosamente,

Isa Musa de Noronha
Presidente

 

5 comentários:

  1. MAS QUE MULHERZINHA MAIS ABELHUDA ESSA DONA IZA!!! Nem sabe se está viva ou morta e se mete em tudo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ao(a) Anônimo(a) 28 de agosto de 2015 14:29,

      É muito mais honesto e honroso termos uma "abelhuda" que nós defende e que labuta por nós, do que ter um(a) patife covarde que não tem coragem nem de assinar um comentário.

      Ademais, a vida é hoje, você também não sabe se amanhã vai está vivo(a) ou morto(a). Isso está me parecendo um desejo velado que a Isa morra... se cuida que ela pode enterrar você.

      Excluir
  2. Estarei torcendo para a "abelhuda" ser bem sucedida e sei que estamos bem representados.Espero que consigam convencer o STJ a entender que o cálculo da RMI deve ser feito de acordo com o contrato de adesão.Boa sorte para a abelhuda que está sempre lutando por nós.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro/a Anônimo/a 28 de agosto de 2015 15:55,

      GRATIDÃO é uma carta de amor que todos ASSINAMOS para que essa “abelhuda” incansável que tão bem tem nos representado por todos esses anos com sua extrema capacidade de liderança.

      O comentário acima do nosso, vem de algum BODE VELHO desprezado e infeliz que quer ocupar o lugar da Isa e está a anos luz de chegar aos pés dela.

      Alguém conhece algum outro colega que tenha feito mais por nós? Eu não conheço. Portanto, minha gratidão eterna à Isa Musa de Noronha.

      Excluir
  3. Parabéns Isa Musa.

    Apesar das dificuldades encontradas, você não se acovarda e luta incansavelmente em prol de uma classe desunida e focada em interesses pessoais mesquinhos. Quem te atira pedras está cheio de pecados. Siga em frente e deixe os cães latindo.

    ResponderExcluir

O blog Olhar de Coruja apoia AMIR SANTOS - No 5 - candidato a DIRETOR DE PLANEJAMENTO NA PREVI