01 outubro, 2015

Presidente diz que CPI dos Fundos de Pensão não vai blindar ninguém


01/10/2015 - 13h07
 
 
O deputado Júlio Delgado (PSB-MG) perguntou ao presidente da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), Leonardo Porciúncula Gomes Pereira, sobre processo contra o presidente da Câmara, Eduardo Cunha. O órgão confirmou que há uma investigação em curso envolvendo o fundo de pensão Prece (fundo de pensão dos funcionários da Companhia Estadual de Água e Esgoto do Rio de Janeiro), mas que não trouxe as informações porque se restringiu aos fundos objeto de investigação da CPI. Delgado destacou, no entanto, que já teve requerimento aprovado para obter informações sobre esse caso junto à CVM.


O deputado Marcus Pestana (PSDB-MG), sub-relator de investimentos da comissão, lembra que no início dos trabalhos houve decisão da CPI por centrar os trabalhos nos quatro fundos federais -- Petros, Previ, Funcef e Postalis. "Mas isso pode ser revisto", afirmou.

O presidente da CPI, deputado Efraim Filho (DEM-PB), afirmou que será uma decisão técnica a de ampliar a investigação, e não política. "A consultoria vai se debruçar sobre a jurisprudência e essa comissão não vai blindar ninguém", disse.

A reunião continua no plenário 7.

Mais informações a seguir
Tempo real:

    13:58 - Relator quer tornar legislação para fundos de pensão mais rigorosa
    11:46 - Deputados criticam demora na análise dos processos sobre fundos de pensão
    11:14 - Presidente da CVM diz que fundos de pensão devem ser monitorados com cautela

Reportagem - Geórgia Moraes
Edição - Marcia Becker

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O blog Olhar de Coruja apoia AMIR SANTOS - No 5 - candidato a DIRETOR DE PLANEJAMENTO NA PREVI