18 abril, 2017

Bancos encerram conta digital gratuita para vender mais serviços na agência

Reprodução


Bancos encerram conta digital gratuita
Bancos encerram conta digital gratuita

Alternativa para quem deseja usar o banco só pela internet, a conta digital sem cobrança de mensalidade chega ao fim nos bancos Itaú, Bradesco e Banco do Brasil. 
O Itaú suspenderá a abertura da iConta no dia 28. Lançada em 2012, a modalidade ajudou a associar a marca do banco a novas tecnologias e ao universo digital. 
O Itaú pensava em acabar com o serviço desde meados do ano passado. O banco permitiu a abertura de contas pelo celular, mas não liberou a adesão ao pacote de serviços digitais pelo seu aplicativo.
No fim de novembro, em reunião com investidores, o presidente do banco, Roberto Setubal disse que buscava formas de tornar mais rentáveis os clientes que não vão mais às agências do banco, como os usuários da iConta. 
As contas digitais incentivaram clientes a migrar para canais digitais, como os celulares. O problema é que os aplicativos oferecidos pelos bancos não evoluíram na mesma velocidade da migração, e agora as instituições têm dificuldades para vender a esses clientes outros serviços, como seguros e planos de previdência. 
Quando atendem clientes de alta renda, os grandes bancos mantêm uma equipe de gerentes à disposição via chat, e-mail e telefone. Assim, conseguem oferecer mais produtos a eles. 
Procurado, o Itaú informou que suspendeu a comercialização da iConta porque "pesquisas internas apontaram a necessidade de simplificação de sua prateleira de pacotes". O banco não quis detalhar por que a conta gratuita, e não uma modalidade paga, foi a escolhida para o corte. 
O Banco do Brasil deu início ao movimento no fim de 2016. A conta-corrente digital foi extinta e, em seu lugar, o banco lançou a Conta Fácil. 
Ela é uma conta de pagamentos, com movimentação restrita a R$ 5.000 por mês e sem oferta de crédito e outros produtos mais complexos. Desde o lançamento, em novembro de 2016, 610 mil contas foram abertas pelo Banco do Brasil. 
Já a nova conta digital completa será lançada em 10 de maio. O banco não informou quanto ela custará. 
Procurado, o Bradesco afirmou que o fim da Digiconta ocorreu porque o banco trabalha na "criação de novas frentes de soluções digitais".


Nenhum comentário:

Postar um comentário

O blog Olhar de Coruja apoia AMIR SANTOS - No 5 - candidato a DIRETOR DE PLANEJAMENTO NA PREVI