22 janeiro, 2016

ELEIÇÕES CASSI - 2016.



 Caros consortes,

Diante da situação periclitante que a CASSI atravessa e com  Banco do Brasil na condição de responsável por abandono de incapazes que somos todos nós aposentados, o BB peca em não levar em conta o Estatuto do Idoso, tampouco o Estatuto da Pessoa com Deficiência, uma vez que em sua maioria a CASSI é composta por uma massa de faixa etária que deve ser protegida pela Legislação. A mesma massa que acreditou na proteção BB a partir da posse de cada um de nós ao assinarmos a ficha de adesão à CASSI e à PREVI, em que o Banco se comprometia com a saúde dos seus funcionários, sacramentando assim, um direito adquirido, portanto, um Ato Jurídico Perfeito, que é aquele já realizado, acabado segundo a lei vigente ao tempo em que se efetuou, pois já satisfez todos os requisitos formais para gerar a plenitude dos seus efeitos, tornando-se portanto completo ou aperfeiçoado.  

Esquecendo a situação de penúria da CASSI e negligenciando o cuidado com os seus aposentados o BB, muito livremente abre seus cofres para investir no Bradesco.

Isso posto, vejo com muita simpatia o manifesto abaixo. Posto que não há nenhuma intenção tendenciosa, ao contrário, muito pertinente.

Vejamos, se a ANABB apoiar uma única  chapa com nomes escolhidos pela comissão, só assim teremos condição de enfrentar o nosso algoz e o resultado disso seria uma CASSI e uma PREVI sustentáveis e  sem interferências externas. Portanto, convido todos a apostar nessa ideia.  

                 
                              O Manifesto:

         Os membros dos Conselhos Deliberativo e Fiscal da ANABB, signatários deste e-mail, propõem em relação às eleições CASSI - 2016, a constituição de uma Chapa com o apoio da ANABB, que reúna lideranças independentes, plurais e verdadeiramente éticas e transparentes.

         Essa medida se faz indispensável, considerando-se que a CASSI está atravessando, mais uma vez em sua história, um momento grave e delicado financeiramente. Em tal contexto, é necessária a presença de dirigentes comprometidos com os associados da nossa Caixa de Assistência, e desvinculados dos grupos políticos ideológicos, que hoje ocupam cem por cento (100%) dos cargos de direção da Entidade.

         Nos últimos quatro anos a ANABB desistiu de ser protagonista nos processos eleitorais da CASSI e da PREVI, limitando-se apenas a financiar as campanhas de todas as chapas envolvidas nos processos. Contrariamente, no mesmo período entidades como CONTRAF-CUT, FENABB, AAFBB, entre outras, apoiaram chapas, indicaram candidatos e utilizaram seus recursos financeiros em apoio, exclusivamente, aos grupos que favoreciam seus interesses.

         Ainda que em tais casos tenha prevalecido o discurso pseudodemocrático, na prática o que se viu foi o crescimento da presença de grupos alinhados ao governo e à direção do Banco, os quais venceram três das quatro eleições que aconteceram no período, elegendo todos os dirigentes da CASSI e a maioria dos dirigentes da PREVI.

         O fato é que os poucos dirigentes eleitos pelos associados, por não contarem com o apoio de uma Entidade forte como a ANABB, pouco ou quase nada puderam ou poderão fazer na defesa dos interesses dos associados da CASSI e PREVI.

O Banco só reconhece o poder dos dirigentes eleitos quando sabe que são respaldados por entidades que efetivamente estão dispostas a fazer o enfrentamento político e institucional, para garantir o exercício pleno de seus cargos e suas funções, na defesa e representação dos legítimos anseios dos associados.

Hoje na CASSI impera a Lei do Silêncio - ninguém sabe verdadeiramente o que acontece em nossa Caixa de Assistência, conduta esta favorecida pelo alinhamento político e ideológico para com o Governo e Banco.

         Pelo exposto, e considerando-se inclusive o pouco tempo para o debate com o quadro de associados da CASSI e com as forças verdadeiramente democráticas e independentes, os signatários deste e-mail, propõem a formação de uma comissão composta de três (3) membros do Conselho Deliberativo; um (1) membro do Conselho Fiscal; um (1) membro da Diretoria Executiva; e, um (1) representante dos DIREGs, para trabalhar pela composição e apresentação de uma Chapa para as Eleições da CASSI 2016, que possa representar a ANABB institucionalmente no mencionado pleito.

         Como medida de economia e para facilitar e acelerar o processo, preferencialmente, os indicados para a Comissão, poderão ser de Brasília.

         OBSERVAÇÃO IMPORTANTE: Nenhum dos signatários deste e-mail tem interesse em concorrer ao cargo de Diretor de Plano de Saúde da CASSI.

Brasília-DF 20 de janeiro de 2016.

Ana Landin - Conselheira Deliberativa da ANABB.
Antônio Carvalho - Conselheiro Deliberativo da ANABB.
Augusto Carvalho - Conselheiro Deliberativo da ANABB.
Cecília Garcez - Conselheira Deliberativa da ANABB.
Cláudio Zucco - Conselheiro Deliberativo da ANABB.
Denise Vianna - Conselheira Deliberativa da ANABB.
Emílio Rodrigues - Conselheiro Deliberativo da ANABB.
Graça Machado - Conselheira Deliberativa da ANABB.
Iris Carvalho - Conselheira Deliberativa da ANABB.
Irmar Fonseca - Conselheira Deliberativa da ANABB.
Maria do Céu - Conselheira Deliberativa da ANABB.
Nilton Brunelli - Conselheiro Deliberativo da ANABB.
Tereza Godoy - Conselheiro Deliberativo da ANABB.
William Bento - Conselheiro Deliberativo da ANABB.

Williams Silva - Presidente do Conselho Fiscal da ANABB.
Anaya Carvalho - Secretária do Conselho Fiscal da ANABB.
Verdi Bezerra - Conselheiro Fiscal da ANABB.




5 comentários:

  1. gostei muito !!
    http://www.miltonfp.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. A ideia é muito boa. O que não inspira confiança são os signatários. Estarão plantando algo para colher mais adiante???? Na PREVI, talvez... Estou vislumbrando o Camilo por trás disso tudo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. não vejo Valmir Camilo por trás disso não, vejo ele a frente! Sou mais ele do que essa PeTezada nojenta que estamos tendo que aturar!

      Excluir
  3. E a ANABB ouve e defende a quem? O Banco ou os associados? Pois é sabido que não se pode servir a dois senhores ao mesmo tempo e sabemos que ela se faz de neutra ou serve ao Banco, pelo menos até agora.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bingo! É isso aí. A ANABB se faz de neutra, mas na verdade ela serve ao BB e ao governo aparelhando as AABBs e a FENAB para votar com eles em todas as eleições.

      Minha esperança é que o Conselho Fiscal atual abra a CAIXA PRETA para sabermos se tenho ou não tenho razão.

      Ainda não terminei de postar as imagens da comemoração dos 30 anos da nossa associação que pagamos e nem, sequer, fomos convidados. Não posso reclamar, pois eu estava no lugar e na hora certa para registrar o magnifico evento que o nosso dinheiro pode pagar, pena que só os "nobres" mereceram o CONVITE.

      Excluir

O blog Olhar de Coruja apoia AMIR SANTOS - No 5 - candidato a DIRETOR DE PLANEJAMENTO NA PREVI