26 maio, 2016

ELEIÇÕES PREVI 2016 Esclarecimento necessário


 
Prezados,

Os fatos, em sua solidez, mostram que a desunião das ‘oposições’ se deve, primordialmente, à falta de respeito pelas opiniões divergentes somadas à falta de caráter de alguns atores. Além do desinteresse dos eleitores que se sentiram traídos pelas promessas de vez que a maioria dos candidatos, depois de eleitos, se bandeiam para o lado patronal e não cumprem o que prometeram.



Some-se a isso, a omissão; a deplorável inveja (que não respeita limites); as atitudes e comportamentos inadequados; a má interpretação de textos (ou por deficiência do leitor ou por má índole mesmo); as fofocas; a utilização de artifícios desonestos; a invenção criminosa de mentiras que terminam por jogar na lata de lixo as honorabilidades alheias; a apropriação (intencional) de textos e ideias alheias; entre tantas outras atitudes inadequadas e indesculpáveis.



E, surpreendentemente, ao final e ao cabo, todos esses deploráveis comportamentos são seguidos pelas mesmas e esfarrapadas desculpas de sempre - e sem qualquer embasamento racional - pois alegam que se tratou de descuido ou de desatenção quando, na verdade, foi proposital e os motivos foram torpes. Por isso, tantos, cansados, não votam mais pois têm consciência e pudor e não querem servir de instrumento para validar que pessoas inescrupulosas sejam alçadas a posições onde irão apenas se servir, e aos seus grupos, engordando os próprios alforjes e seus egos que se inflam ainda mais depois de eleitos.



Tristemente, os fatos exibem uma repetição de comportamentos análogos. Por isso, a cada turno, retornam as mesmas críticas e desculpas de sempre e as mais comuns são: “A oposição não se une!”; e “Os aposentados são omissos e não votam!”. Mas como esperar mudanças nesse repetitivo e nauseabundo cenário?



Assim, há mais de 5 meses, solicitei, com tristeza, a minha saída do MSU, grupo ao qual dediquei - durante mais de 5 anos -, parte considerável do meu tempo. Frustrado com alguns comportamentos, e sentindo-me desgastado, preferi tomar essa decisão difícil, porém necessária.



Mas convicto dos fatos enumerados e após criterioso exame de todas as chapas concorrentes fiz a opção pela CHAPA 2! Fico, dessa forma, com a consciência tranquila do dever cumprido de vez que todos sabemos que, nesta vida, uma coisa é certa:



“Nada como o AMANHÃ, o FUTURO, para mostrar quem estava com a razão.”



Norton Seng

BSB, 26.05.2016






Nenhum comentário:

Postar um comentário

O blog Olhar de Coruja apoia AMIR SANTOS - No 5 - candidato a DIRETOR DE PLANEJAMENTO NA PREVI