31 agosto, 2014

UM HOMEM DE AÇÃO

“O conhecimento é inútil até se converter em ações.”Peter Drucker

“ Só existem dois dias no ano em que nada pode ser feito. Um se chama onteme o outro se chama amanhã, portanto hoje é o dia certo para amar, acreditar,fazer e principalmente viver.”Dalai Lama


 

O que diferencia um vencedor dos seres humanos normais ?



O senso comum poderia nos levar a conclusões aparentemente óbvias.



Muitos diriam que os vencedores são pessoas mais bem dotadas, com uma formação intelectual superior , com recursos financeiros, com boa saúde, com apoio externo, etc.



Preferimos priorizar outras características pessoais não tanto divulgadas .



Os vencedores são seres inquietos, não-conformistas, perfeccionistas, trabalhadores compulsivos, idealistas e que se entregam por inteiro à realização de seus sonhos com força e vontade férreas e sem se limitar por quaisquer obstáculos.



São personagens que, nessa luta incansável pelos seus objetivos , chegam a sacrificar sua saúde, prejudicam seu relacionamento familiar e suas amizades e chegam a se tornar seres solitários.



Essas pessoas, nesse mergulho fundo em suas metas, descortinam aspectos e oportunidades que estão à vista de todos mas que só eles percebem e que passam a explorar.



Esses são os vencedores, são os desbravadores de caminhos até então não trilhados.

 

É com a ação de atores dessa estirpe que a humanidade se alça a patamares cada vez mais elevados.



Contamos na defesa dos aposentados e pensionistas do Banco do Brasil com líderes e defensores da mais alta capacidade, representatividade e dedicação.



Esses representantes vem lutando com denodo junto ao Poder Executivo, ao Poder Legislativo , ao Poder Judiciário e à mídia na defesa de nossas causas.



Neste momento, tivemos a grata surpresa de nos defrontar com uma ação pioneira de um colega aposentado do BB, que faz parte desse grupo seleto de líderes, que desbravou um front que se encontrava à disposição de todos , mas que, até então, não tinha sido explorado.



É nesse episódio e nesse personagem que se enquadram as qualidades acima descritas.



Falamos de Ebenézer W. A. Nascimento e sua denúncia do BB junto ao Comitê de Basiléia de Supervisão Bancária (CBSB), na Suiça, onde foi denunciado e detalhado o montante usurpado da PREVI pelo BB.



Tudo começou quando Leopoldina Corrêa, dirigente do blog Olhar de Coruja e também aposentada do BB, que havia se tornado membro da Anistia Internacional, em sua ânsia de denunciar o BB em algum órgão internacional pelos saques bilionários na PREVI, procurou a orientação e ajuda do colega Fernando Arthur Tollendal Pacheco, responsável e coordenador na internet pelo grupo BB-Funcionários (bbfuncionarios@yahoogrupos.com.br) para dar início a tal projeto.



Fernando Tollendal, devido aos seus múltiplos afazeres, não pôde colaborar de forma mais efetiva na empreitada, mas indicou para Leopoldina Corrêa uma pessoa com preparo intelectual e técnico e disposição para tomar a dianteira desse projeto.



Essa pessoa, uma escolha absolutamente criteriosa e acertada , era o colega Ebenézer W. A. Nascimento, que abraçou a causa de imediato.



Nesse monumental trabalho, Ebenézer contou com a inestimável colaboração de nossos ilustres representantes Ruy Brito de Oliveira Pedroza , da UNAMIBB, e Isa Musa de Noronha, da FAABB, que o auxiliaram na análise de todos os balanços do BB desde 1997, para dimensionar os montantes transferidos da PREVI para o BB e lhe deram todo o apoio pessoal e institucional para a consecução dessa empreitada. O suporte técnico de tecnologia da informação (TI) e de apoio operacional ficou a cargo de Leopoldina Corrêa, do blog Olhar de Coruja.



Foi um notável trabalho de equipe mas, a elaboração do relatório e as tratativas pessoais, a partir de 06.08.2013, junto ao staff do Comitê de Basiléia de Supervisão Bancária (CBSB) e ao seu Secretário-Geral Adjunto , Sr. Bill Cohen, para tentar a entrega pessoal do documento, couberam ao colega Ebenézer W. A. Nascimento.



Muito embora não tenha obtido sucesso em sua investida inicial junto ao referido Comitê e ao Sr. Bill Cohen, que não examinou o relatório e recomendou que o assunto fosse encaminhado àquele CBSB através do Banco Central do Brasil, Ebenézer Nascimento, de forma perspicaz , encaminhou o citado relatório via correio (com AR ) para o CBSB, o que foi feito em 18.08.2013. O documento foi entregue ao destinatário em 23.08.2013, às 15.30h.



Ebenézer Nascimento, nessa recusa do Comitê de Basiléia de Supervisão Bancária em examinar o assunto, vislumbrou a hipótese de ter havido uma interferência prévia por parte do BB ou da PREVI. Sem descartar a possibilidade levantada pelo colega, preferimos considerar que esse seja um padrão de procedimento daquele órgão. Afinal de contas, o CBSB é uma instituição que faz a supervisão de bancos de todos os países ao redor do Mundo. As suas principais fontes de referências e consultas são os bancos centrais de cada país.



Assim, o CBSB deve seguir, como princípio, que quaisquer questionamentos ou denúncias contra bancos sejam encaminhadas àquele órgão através dos bancos centrais dos respectivos países.



Mas, pelo que se antevê das novas iniciativas que já estão em andamento, o Sr. Bill Cohen teria feito melhor se tivesse recebido o relatório pessoalmente das mãos de nosso Colega Ebenézer.



Parece-nos, utilizando o linguajar popular, que o Sr. Bill Cohen “procurou sarna para se coçar” ou, em outro adágio, “mexeu na cobra com vara curta”.



Esse quarteto é duro na queda. Eles não jogam para perder.



Pelo histórico de enfrentamentos desses denodados lutares, podemos afirmar, com toda a certeza, que essa causa ainda se desdobrará em muitos capítulos até chegar a um epílogo.



O colega Ebenézer W. A. Nascimento, em conjunto com a FAABB e a UNAMIBB, tendo à frente Isa Musa de Noronha e Ruy Brito de Oliveira Pedroza e contando com o suporte de Leopoldina Corrêa, do blog Olhar de Coruja, já se preparam para, em nome da UNAMIBB, subscrever o envio do relatório para outros órgãos internacionais.



Independente da inserção da matéria em grupos na internet e em sites, o blog Olhar de Coruja (www.olharcoruja.blogspot.com.br) , se antecipou e já divulga em diversas notas todas os contatos, tratativas e documentos em inglês (com tradução em português) a respeito do assunto.



O colega Ebenézer conta com um espaço exclusivo nesse blog, em que essa e outras importantes matérias estão registradas em análises muito bem focadas e elaboradas.



Adicionalmente, no mesmo blog, é apresentada uma entrevista cibernética, via Skipe, com o companheiro Ebenézer que, no momento, se encontra em Israel.



Esse empreendimento adentrou em um campo singular na luta pela defesa da PREVI e dos interesses dos aposentados e pensionistas.



É resultado de um trabalho técnico apurado e sofisticado, coordenado pelos nossos mais valorosos representantes.



É admirável sob todos os aspectos, tanto na sua elaboração e condução, quanto na área de recursos humanos e suporte na área de tecnologia da informação.



Envolveu contatos delicados da mais alta relevância junto ao mais importante órgão internacional na área de fiscalização de bancos, o Comitê de Basiléia de Supervisão Bancária (CBSB).



A luta continua e depositamos irrestrita e total confiança no sucesso dessa importante iniciativa levada adiante pelo conjunto de companheiros e líderes acima mencionados que, a par de outras importantes atribulações em relação às nossas ações , sempre encontram energia e tempo para se dedicar a mais uma refrega na defesa de nossos interesses.



No presente episódio, não podemos deixar de, mais uma vez. ressaltar com louvor, o admirável papel desincumbido por Ebenézer W. A. Nascimento, colega aposentado do BB e escritor emérito, autor do sucesso literário “Banco – Um Inimigo do Povo”, da Editora Alfa-Ômega.



Adaí Rosembak

 Associado da AAFBB e da ANABB

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O blog Olhar de Coruja apoia AMIR SANTOS - No 5 - candidato a DIRETOR DE PLANEJAMENTO NA PREVI