09 abril, 2015

Tesoureiro do PT presta depoimento à CPI da Petrobras

O tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, presta depoimento à CPI da Petrobras na Câmara dos Deputados nesta quinta-feira (9).

O depoimento começou em meio a um tumulto por conta de uma caixa de ratos solta logo após a entrada do petista. O ato foi organizado por deputados de oposição, mas o autor ainda não se identificou até a publicação desta matéria.

Um servidor foi levado por agentes da Polícia Legislativa. O presidente da CPI , Hugo Motta (PMDB-PB), pediu que sejam identificados os autores do ato.



O ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal, concedeu habeas corpus para que ele não seja obrigado a assinar o termo de compromisso que o obriga a dizer a verdade.
  • 11h21 O tesoureiro disse que o PT não tem imóveis e que os automóveis são leasing. "Não temos aviões, temos sim material de escritório."

    Vaccari nega que tenha tratado de doações e da situação financeira do PT com o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa, um dos delatores do esquema de corrupção da Petrobras. 

  • "Nunca tratei do assunto de doações financeira com Paulo Roberto Costa e nunca discuti assunto financeiro do PT. Estive com ele uma vez num jantar, quando fomos apresentados. Foi por volta de 2010 e foi a única vez que estive com ele e nunca mais tive nenhum contato."
  • 11h16 Vaccari diz que o partido não recebe doações via caixa dois (sem registro oficial).

    "Todas as doações que nós recebemos são escrituradas, são feitas via transações bancárias e são prestadas contas ao TSE. Este tem sido o procedimento desde que eu sou o tesoureiro em 2010", afirmou.
  •  
  • 11h14 Correção: Não é possível afirmar que o responsável pela soltura dos ratos seja servidor da Câmara. Ele ainda não foi identificado.
  • 11h13 Imagem
    Ratos soltos na CPI da Petrobras no momento em que João Vaccari Neto entrou na sala da comissão (Crédito: Pedro Ladeira/Folhapress)
  •  
  • 11h12 Nos bastidores, petistas reconhecem que Vaccari passou por treinamento para prestar esclarecimentos à CPI, mas não passam detalhes. O relator da CPI, Luiz Sérgio (RJ), também é petista.

    A preparação do tesoureiro teria sido revelada pelo presidente do PT, Rui Falcão, a um grupo de deputados em uma reunião realizada há alguns dias. 
  • 11h11 Um dos slides apresentados estava errado e virou motivo de piada entre internautas.
  • 11h10 Vaccari começou o depoimento dando uma palestra, com direito a apresentação de slides, sobre a arrecadação dos partidos e mostrando que outras legendas também ganharam recursos das empresas investigadas na Operação Lava Jato.

  • "Em 2014, foram R$ 222 milhões para todos os partidos das empresas investigadas. O PT obteve 25%, o PSDB obteve 24%, o PMDB obteve 21%", disse Vaccari.

  • A deputada Eliziane Gama (PPS-MA) protestou. "Isso é uma palestra", disse.

  • Vaccari disse que pediu demissão do cargo que ocupava no conselho da Itaipu Binacional em novembro de 2014, mas que a demissão só saiu em janeiro deste ano. Segundo ele, a última remuneração obtida por ele foi de R$ 20 mil.
    Edmilson Papo 10 @edmilsonpapo10
    Víd

  • 10h58 O presidente da CPI, Hugo Motta (PMDB-PB), classificou a soltura da caixa de ratos como um episódio infeliz, mas manteve o depoimento do tesoureiro.

    "Infelizmente tivemos um procedimento infeliz, mas já tomamos as providências. Quero deixar bem claro que nada nos impedirá de dar prosseguimento à reunião. Tivemos procedimento infeliz e nos vamos seguir com a oitiva do senhor Vaccari."

    O deputado Jorge Solla (PT-BA) acusou o deputado delegado Waldir (PSDB-GO) de ser o responsável pelos episódio. "Isso não pode passar despercebido. O deputado delegado deu a deixa para um comparsa soltar os ratos. Quero que isso conte na ata", disse o petista.

    O tucano reagiu e eles bateram boca. "Acabei de ser acusado e quero que ele prove isso. Não estou armado aqui. Vou processar ele. Gostaria de estar com algema para prender bandidos aqui",

    Os dois parlamentares trocaram gritos de "bandido é você". 
  •  
     
     

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O blog Olhar de Coruja apoia AMIR SANTOS - No 5 - candidato a DIRETOR DE PLANEJAMENTO NA PREVI