02 abril, 2015

Ministro propõe que Dilma dê entrevistas para explicar ajuste fiscal

O ministro Edinho Silva, da Comunicação Social, deve propor à presidente Dilma Rousseff que ela faça uma rodada de longas entrevistas, onde conseguiria explicar melhor o ajuste fiscal que tenta implantar no país. 

DEVAGAR E SEMPRE

Dilma tem falado em discursos e em rápidas declarações à imprensa, sem desenvolver com mais calma os argumentos para defender as medidas anunciadas. 

ESTACA ZERO

Com o acirramento da disputa para a indicação de um novo ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), surgiu no governo a proposta de que os nomes que circulavam como candidatos até então fossem todos descartados. E que a rodada de consultas recomeçasse do zero, com a busca de uma personalidade do mundo jurídico que conseguisse unificar os vários grupos de interesse. 

BOM DE BRIGA

O nome de Luiz Moreira, que integrou o Conselho Nacional do Ministério Público e fez contraponto ao procurador-geral Roberto Gurgel na época do mensalão, chegou a circular como candidato. Ligado a José Genoino, ele teria a simpatia até de Renan Calheiros (PMDB-AL), hoje em guerra com os procuradores. 

BARALHO

Um ministro que tem interlocução direta com Dilma explica: pelo menos 20 senadores teriam "potencial" para um dia serem julgados pelo STF e por isso estariam empenhados em influenciar a indicação. Outros 20 seriam solidários a eles, completando a metade do plenário. Dez do PT e dez do PSDB exerceriam veto sobre a indicação de adversários. Daí a dificuldade em conciliar todos os lados.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

O blog Olhar de Coruja apoia AMIR SANTOS - No 5 - candidato a DIRETOR DE PLANEJAMENTO NA PREVI