28 fevereiro, 2014

"Pedido de Esclarecimento"




Senhores,

Todos sabem que em razão das agressivas postagens do Sr. Marcos Cordeiro, em seu blog, contra minha pessoa, inclusive homofóbicas, entrei com Ações Judiciais contra ele. Desde então ele vem apelando com emails e telefonemas através de seu advogado para que eu faça acordo. Neguei-me terminantemente. Porém, ele insiste, persiste e não desiste. Até pedido de desculpas por carta via SEDEX ele já fez. Não dei retorno.

Mas este senhor tem o DNA da infelicidade, da maldade, da intriga no sangue. Vejam astúcia dele, em não obtendo sucesso em suas investidas, usando de litigância de má fé, buscou na internet uma fábula minha, usou-a contra mim ao entrar com uma ação com a finalidade de intimidar-me, ameaçar-me, coagir-me e forçar-me a fazer acordo com ele, posto que, segundo ele, a minha fábula é uma afronta à família e à pessoa dele, sendo que eu não citei seu maldito nome uma única vez. Nem o dele nem o de ninguém. Tanto que, finalizo a história com a conhecida expressão:

"Qualquer semelhança com pessoas vivas ou mortas ou com fatos reais terá sido mera coincidência”.


Se ele acha que a fábula “O Bode e O Burro” trata de sua pessoa, este homem deveria estar preso. 

Não quero nenhum tipo de acordo com este senhor. Ainda assim suas provocações continuam, ele continua me mandando emails, já não mais sobre acordo, mas me dando notícias de tudo que a "associação" dele faz. Tudo bem, eu deleto. Mas quem é que gosta de ficar recebendo mensagens de desafetos?

E aí os senhores hão de me perguntar o porque desta matéria. Respondo:  recebi um email do colega Tollendal, que ao que parece, também está muito incomodado ao ver o seu Grupo Yahoo, através de Milton Bertoco, servir de plataforma de propaganda para as picaretagens daquele senhor.

Tollendal, ao pedir educadamente ao portador daquelas postagens que não as fizesse mais em seu grupo, endereçou-me cópia de seu pedido. Ora, era o aval que faltava para que eu também pudesse me manifestar contra as provocações do autor das tais "matérias".

Lógico que Marcos Cordeiro não se daria por vencido, mais que imediatamente foi tirar satisfações com o Tellendal para saber se eu não estaria MENTINDO ou que eu estaria tomando uma medida "às escondidas”, como coisa que eu fosse de sua laia. No entando, como todos poderão perceber pelas declarações abaixo que o "respeito mútuo" de que trata o autor no “pedido de esclarecimento”, nada mais é do que um GRANDE DESPREZO que todos têm por sua pessoa.

Leopoldina Corrêa



Dos fatos:

Prezado Amigo
(Milton Bertoco)

As supostas explicações desse senhor parecem-me desenvolvidas em torno de várias incorreções e muitas interpretações distorcidas. Ao divulgá-las em nosso grupo sem o correspondente esclarecimento, estaremos apenas contribuindo, segundo creio, para o ajudar essa pessoa a ampliar cada vez mais a arrecadação financeira da associação que organizou entre colegas, fazendo-lhes em proveito próprio promessas que, no meu entender dificilmente poderão ser cumpridas.

Desculpe-me este comentário, porém eu não me sentiria bem sabendo que uma pessoa séria como você está abonando com o seu nome, em nossa lista, uma iniciativa que considero prejudicial. Lembro que ele não foi aceito no nosso grupo, o qual com a sua iniciativa acaba sendo usado para fins reprováveis.

Desejo-lhe um bom fim de semana,

Tollendal

Milton Bertoco <miltonbertoco@gmail.com>:

Sob a espada de Dâmocles
Marcos Cordeiro de Andrade




/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:

Sr. Marcos Cordeiro de Andrade,

Nem estou pedindo favor, porém, não OUSE mais mandar seus engodos para meu email.

Repugna-me tanta desonestidade, não me envie mais estes lixo que você produz. NÃO ME INTERESSA!

Ainda bem que não sou só eu que não o quero por perto. Você não merece circular no mesmo ambiente que pessoas decentes circulam. ESQUEÇA-ME. Você e seus asseclas!!!

Leopoldina Corrêa
/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:

Prezado Colega

Tollendal.

Custo a crer que o comentário abaixo seja de sua autoria, como declarado por quem dele me deu conhecimento. Por isso, encareço confirmar se responde pelo que ali está escrito e, em caso afirmativo, explicar as razões que o levaram a fazer tal juízo de valor acerca da minha pessoa.

Para tanto, valho-me da suposição de que sempre mantivemos bom relacionamento, sem que, de parte a parte, posturas comportamentais motivassem maldosas críticas. Esse detalhe, além de indicar respeito mútuo, também registra firmeza de caráter exigida de pessoas que não são dadas a imputar acusações através de terceiros, às escondidas, com isso negando direito de defesa ao atingido.

Também, se suas as declarações imputadas, ao que me consta nunca pedi para fazer parte de nada que o nobre colega possa chamar de ?nosso grupo?.

Transcrevo a seguir a questionada mensagem como me chegou.

Atenciosamente,

Marcos Cordeiro de Andrade
/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:

Senhor Marcos,

Não me considero reformador do Mundo, porém peço que pondere um fato que me parece indiscutível: não costumo referi-me a suas atividades nessa associação que organizou, no meu modo de entender as coisas - e muito espertamente - para enganar a nossos ingênuos colegas e deles tirar proveito pessoal.

Proponho-lhe então que continuemos como até agora: nem V. Sa. se dirige a mim, nem eu o incomodo em nada. Vá em frente, procure iludir os colegas como lhe parecer melhor, ficarei quieto no meu canto; se são tolos, é problema só deles, não tenho nada a ver com isso.

Então, não me peça esclarecimentos, não me aborreça, que eu de minha parte também me comprometo a não me imiscuir em suas picaretagens. Não se meta comigo e eu ficarei igualmente quieto do meu lado. Creio que seria melhor para nós ambos.

Ficarei feliz se não voltar a dirigir-se a mim: sinceramente, pessoas como você não me agradam, prefiro não ter convívio com gente assim, acho que é melhor dessa forma, cuide da sua vida que eu cuidarei da minha, certo?

Deixe-me em paz, só isso!

Tollendal

/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:/:

Senhor Marcos,

Além de invadir  a privacidade dos outros com seus lixos, o sórdido presidente e sua ética advocatícia acha que tem moral para duvidar de minha palavra!?

Sou uma mulher honrada, honesta e não tenho por hábito enganar a ninguém.

Mas, quer saber? Achei muito bem feito, assim você fica na sua e deixa de incomodar pessoas decentes com suas elucubrações tendenciosas.

Recolha-se a sua insignificância, ninguém o quer por perto!

Repito: esqueça-me!!!

Leopoldina

8 comentários:

  1. Mas é muito cara de pau! O cara perturba a paz dos outros invadindo a privacidade alheia e ainda se acha no direito de tirar satisfações. Mas foi ótimo, para quem não estava convencido de que o "enganador das pensionistas" estivesse mesmo sendo um pé no saco, essa do Sr. Tolendal foi demais. Gostei, gostei e gostei. Este bode velho tem que ser preso, colega Leopoldina.

    ResponderExcluir
  2. Eu odeio ver este "cordeirinho" se aproveitando da ingenuidade dos colegas. Vamos ver se agora este colegas aprendam!!!

    ResponderExcluir
  3. Gente, será que não vai aparecer ninguém para denunciar este monstro ao Ministério Público?

    ResponderExcluir
  4. Colega Leopoldina, eu fui assistir o tal vídeo e não vi, em momento algum, qualquer alusão de sua parte ao tal bode como sendo o sr. Marcos, então, resta-me me dizer que que o mesmo vestiu a carapuça e se auto denuncia. Ele se viu ali em muitos momentos... era muito bom que ele fosse chamado a depor em juízo. Devia mesmo ser preso!!!

    ResponderExcluir
  5. "Caríssimos"

    Li uma Nota de Esclarecimento lá no grupo do Tollendal que me fez e faz rir.

    O camarada leva um baita de um "puxão nas urelhas" e ainda tenta se desculpar, sair de mocinho bonzinho e bonitinho. Seja macho cabra!

    “Sem entrar no mérito dessa polêmica”? - Ele foi o portador da polêmica!

    “de forma que tenho plena liberade de expressar minhas opiniões, favoráveis ou contrárias.” - Todos temos o mesmo direito. Onde está a novidade?

    “a AAPPPREVI, que, por sinal, acaba de declarar que, mais uma vez, não dará apoio a qualquer uma das chapas.” Que pena! Vamos perder um apoio de peso!

    “ mantive a confidencialidade”??? Nossa! O presidente da AAPPREVI não podia saber desta troca de email! Que meda!!!

    Então, meu caro, se era confidencial por que então o autor mensagem envia uma cópia para uma jornalista?

    Essa eu não entendi? Será que a colega Leopoldina entendeu?

    ResponderExcluir
  6. ESSE TAL DE MARCOS CORDEIRO NÃO PASSA DE 171. CADEIA!!!! PARA O BODE VELHO

    ResponderExcluir
  7. O Sr. Tollendal foi cirúrgico. Pisou no saco do bode velho e ainda mostrou as "picaretagens" do meliante

    ResponderExcluir
  8. Aqui deveria ser oito comentários, mas um sumiu. Interessante.

    ResponderExcluir

O blog Olhar de Coruja apoia AMIR SANTOS - No 5 - candidato a DIRETOR DE PLANEJAMENTO NA PREVI