20 outubro, 2016

Equipe da Lava Jato espera que Palocci dê pista que ligue Odebrecht a Lula


Rodolfo Buhrer - 26.set.2016/Reuters


O ex-ministro Antonio Palocci, no momento em que era preso na Operação Lava Jato, em setembro
O ex-ministro Antonio Palocci, no momento em que era preso na Operação Lava Jato, em setembro


A possibilidade de Antonio Palocci Filho fazer delação premiada na Operação Lava Jato causa alvoroço entre integrantes das equipes que acompanham as investigações. A expectativa é que ele poderia fornecer uma ponte que ligaria, por exemplo, Marcelo Odebrecht e o ex-presidente Lula. 

SALTO ALTO
Lula e Marcelo Odebrecht nunca tiveram boa relação. Segundo um interlocutor de Lula, o petista achava que ele era "um menino riquinho, que olha de cima para baixo". O diálogo fluía melhor com o pai, Emílio Odebrecht. 

SALTO BAIXO
Conversas sobre recursos para campanhas eleitorais, por exemplo, seriam tratadas, por isso mesmo, com Antonio Palocci. 

DISTANTE
A defesa do ex-ministro nega que ele tenha intenção de fazer delação. E interlocutores de Lula afirmam que Palocci não teria como jogar no ex-presidente a culpa de fatos irregulares, sobre os quais ele não teria nenhuma responsabilidade. 

VENDA
Advogados de Eduardo Cunha tentavam descobrir, no começo da tarde, em qual dos processos a que responde a prisão dele foi aceita

ANESTESIA LOCAL
A Secretaria Municipal de Saúde vai abrir auditoria para analisar serviços prestados pela empresa terceirizada que contrata anestesistas de oito hospitais da rede paulistana. A Tamp Serviços Médicos Hospitalares suspendeu desde segunda (17) atendimentos nas unidades, alegando atraso superior a 90 dias nos pagamentos. 

ANESTESIA 2
A administração afirma que pagou o valor mensal previsto, de quase R$ 1,6 milhão, e que por isso quer avaliar "serviços realizados além do contratado". "É conversa de mau pagador", diz a advogada Janice Espallargas. "Não é a Tamp que escolhe se vai fazer 30 ou 100 anestesias." 

FONTE SECA
Secretário-executivo do Ministério da Cultura na gestão Juca Ferreira (2015-2016), João Brant prevê que a PEC do Teto pode tirar até 90% do orçamento para ações finalísticas da pasta. Esse orçamento inclui editais, obras (como as do PAC Cidades Históricas) e convênios com Estados e municípios. "A queda levaria, na prática, à paralisação do ministério", diz. 

FONTE 2
Ainda pelos cálculos de Brant, se a PEC for aprovada, esse estágio seria alcançado em cinco anos. E forçaria, segundo ele, o fechamento e a transferência de instituições e unidades para a iniciativa privada. "O ministério não tem um piso definido e sempre sofre cortes duros em momentos de ajuste fiscal. Em 2015, já houve um grande esforço para reduzir as despesas em 20%." 

DIÁLOGO POSSÍVEL
O ministro do Turismo, Marx Beltrão, destacou a presença da diretora do Airbnb no Brasil, Flavia Matos, no conselho de viagens e eventos da FecomercioSP, durante reunião nesta quarta (19). O grupo também reúne empresários do setor hoteleiro, que estão preocupados com o crescimento do serviço de aluguel temporário de imóveis. Beltrão, que é favorável à plataforma, quer se encontrar de novo com os representantes de hotéis e do Airbnb nas próximas semanas. 

OCUPAÇÃO
A dupla de grafiteiros Os Gêmeos vai assumir a conta de Instagram da Pinacoteca nesta quinta (20) e publicar fotos tiradas por eles durante uma semana. O museu conseguiu 3.500 novos seguidores na rede social desde que começou a chamar convidados para cuidar de seu perfil, em junho.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

O blog Olhar de Coruja apoia AMIR SANTOS - No 5 - candidato a DIRETOR DE PLANEJAMENTO NA PREVI