03 dezembro, 2013

NOVEMBRADA - Fala de Ari Zanella

Sabendo da ansiedade de todos para assistir os vídeos da reunião em que fomos recebidos pela Diretoria da Previ - nosso Fundo de Pensão - começo a divulgar as falas de cada um de nós, em ordem alfabética.

Percebam que a reunião se deu num clima de muita harmonia e descontração, a diretoria nos deixou completamente à vontade e isso facilitou muito as nossa expressões.


Quero dizer que estas imagens são de minha câmera portátil, ainda não recebi as imagens prometidas pela Previ, enquanto isso, vou divulgando as minhas mesmo.

Leopoldina Corrêa

2 comentários:

  1. Existe veiculando na mídia virtual muita maledicência sobre a abordagem adotada pelo presidente Ari Zanella quando da reunião de 25/11/2013. Pelo que depreendi ele iniciou com palavras conciliatórias e de harmonia -- não subservientes -- e com isto desarmou eventual espírito de acirramento por parte da diretoria da PREVI. Sou a favor do diálogo franco, honesto e aberto. Se, por outro lado, nada se consiga, resta ainda trilhar o caminho do judiciário.

    Luiz Francisco Gomes Faraco
    6.491.630-8
    Florianópolis - SC

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu caro colega e amigo Faraco,

      Me aflige imaginar que eu morra e não consiga unir e reunir, pelo menos, 50% dos nossos colegas em torno da nossa causa.

      Em um primeiro momento, chega a ser angustiante as consequências do que se vê quando se tenta fazer alguma coisa que realmente se tenha a esperança de nossa vida pode melhorar.

      Parece que há um karma negativo ali à espreita só esperando alguma coisa acontecer para logo aparecer umas 500 pás de cal para enterrar as benfeitorias que dali podéssemos deslanchar para a nossa tão sonhada liberdade desta prisão involuntária da qual nos tornamos vítimas.

      Logo aparecem os críticos e seus jogos de interesses escusos querendo tirar proveito dos nossos feitos, passando por cima de nossas por nossas cabeças feito rolos compressores tentando nos empurrar para a margens e invadirem nossos espaços, apartando-nos a ponto de ao invés de corrermos para o abraço, temos mesmo é que correr o recolhimento de um bunker até que a artilharia pesada arrefeça e possamos vir à tona para mostrar que não praticamos NENHUM crime, muito pelo contrário. Mundo estranho este nosso. Enquanto isto, os nossos algozes vão levando a melhor minando nossas forças, mais e mais e mais...

      Somos muitos e muitos, e não somos NADA. Não percebemos que um deve ser por todos e todos por um. Quando alguém faz alguma coisa e pensando no bem comum invés de ser apoiado é escorraçado e execrado nas redes sociais.

      Muitos não entenderam que não se pode sair por aí pedindo licença para agir em causa própria, a causa é de todos, mas em primeiro lugar é de cada um. A vida começa assim. O mais esperto, o primeiro a chegar elimina todos os outros. Conosco é o oposto, uns vão abrindo a portas para os outros. Vejamos o caso de Isa Musa que está nesta batalha há mais de 30 anos. Nós somos organizados, o que está faltando é UNIÃO.

      Todo mundo tem direito de se mobilizar. Imaginem se um dia esta nossa luta chega aos ouvidos do Ministro Joaquim Barbosa que ao tomar conhecimento dos atos e atitudes contrárias à ética e a moral praticados por Zé Pimentel contra nosso Fundo de Pensão resolva investigar. Ele já botou um bando de quadrilheiros perigosos na cadeia. Acho que não seria difícil comprovarmos todos estes saques que ocorreram e continuam ocorrendo contra nossa PREVI. Não esqueçam que somos protegidos pelo Estatuto do idoso.

      Não sei ainda por quanto tempo me sobrarão forças e pó de guaraná para continuar nesta luta infinda e ainda me dá por muito feliz, porquanto eu puder me manifestar aqui e somente neste blog, vou tentando vencer as resistências das correntes opostas.

      Leopoldina Corrêa.

      Excluir

O blog Olhar de Coruja apoia AMIR SANTOS - No 5 - candidato a DIRETOR DE PLANEJAMENTO NA PREVI