18 junho, 2014

PALAVRAS... O VENTO AS LEVA

Hoje gostaria de discutir outro aspecto ligado à cidadania, que nos afeta no bolso.
Você, minha amiga e meu amigo, lembra-se em quem você votou para Deputado Estadual, Deputado Federal e a Senador, nas últimas eleições? Mais importante ainda, lembra-se do que eles prometeram que fariam se eleitos?

Tenho a certeza de que nenhum deles prometeu que teríamos uma carga tributária das mais escorchantes, nem que seu salário seria esvaziado com impostos, taxas, contribuições, pedágios e tantas artimanhas que servem para engordar a receita pública.
 
Há uma lei que obriga a discriminação dos impostos que pagamos, nas notas fiscais. É a lei 12.741, de 08/12/2014. Entretanto, a punição para as empresas que descumprisse a obrigatoriedade imposta na Lei deveria entrar em vigor em 10/06/2013, foi adiada para ter vigência a partir de 10/06/2014. Ocorreu, porém, que a Presidente editou a Medida provisória 649, (Diário Oficial da União de 05/06/2014), adiando a punição para as empresas descumpridoras da Lei somente a partir de 10 de junho de 2015! 

Ou seja, apesar da Lei, O GOVERNO NÃO QUER QUE SAIBAMOS QUANTO PAGAMOS DE IMPOSTOS EMBUTIDOS NOS PREÇOS. Mesmo sem saber quanto isso nos custa, sabemos que nosso dinheiro vai para obras superfaturadas, para bolsas mais eleitoreiras do que solucionadoras, para pagamento de médicos cubanos que não validam seus diplomas, para a construção de porto (em Cuba), para perdão de dívida de países africanos, para compras desastrosas de refinarias e tantas outras ações que sangram os cofres públicos.

Mas a máquina arrecadadora continua voraz e insaciável! Por isso aparecem vaias merecidas (somente as vaias), embora impróprias por fazerem exposição para o mundo inteiro de uma insatisfação interna nossa.

Mas voltando... Lembre se o seu candidato cumpriu o que prometeu. Caso não tenha cumprido, lembre-se de que ele não fez por merecer seu voto. Não precisa citar o nome de quem lhe fez promessas em vão. Apenas não cometa o mesmo o erro de votar em quem lhe enganou.

Você acha que estão lhe cobrando impostos justos? Acha que o dinheiro que lhe é tomado está sendo bem empregado? 

Aproveite para comente e compartilhar este texto, para que possamos debater o tema amplamente.

FONTE: Alexandre Martins de Castro

FONTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O blog Olhar de Coruja apoia AMIR SANTOS - No 5 - candidato a DIRETOR DE PLANEJAMENTO NA PREVI