07 janeiro, 2014

PREVI oferece "presente de grego" aos participantes do ES.

Notícias 
Lista de destaques 07/01/2014 Participante do Plano 1 poderá suspender cobranças de ES para os meses de janeiro, fevereiro e março/14

Antes de ler este presente de grego, vejam:

↪︎Enquanto mendigamos nosso próprio dinheiro a Bruxa do Mal perdoa 900 milhões de dólares da União Africana


Operação para a suspensão dessas cobranças estará disponível no portal da PREVI ainda esta semana. Participantes do Plano 1 que possuem contratos ativos de Empréstimo Simples (ES) poderão solicitar a suspensão da cobrança das prestações de janeiro, fevereiro e março de 2014. 

A operação, que ainda não está disponível, foi aprovada nesta terça-feira, 7/1, pela Diretoria Executiva e será implementada no autoatendimento do portal da PREVI. 

Após a solicitação de suspensão do pagamento das prestações de seus contratos de ES, não haverá possibilidade de cancelamento da operação. No período de suspensão das cobranças os encargos continuarão a incidir sobre o saldo devedor. 

Como o processamento da folha de janeiro já aconteceu, a cobrança da prestação deste mês será efetuada normalmente, mas para os que optarem pela suspensão, o valor da prestação será creditado posteriormente na conta corrente do mutuário cadastrada na PREVI. 

Os prazos de pagamento dos contratos de ES com prestações suspensas serão prorrogados por três meses. Se no final do período contratado ainda existir saldo devedor remanescente, o valor poderá ser refinanciado em até seis meses. 

Vale lembrar que conforme o regulamento do ES, o período de carência para quem já tem uma operação de Empréstimo Simples e tem interesse em renová-la é de seis prestações pagas, e não de seis meses. 

Se o contrato com prestações suspensas estiver dentro do período de carência, os meses de janeiro, fevereiro e março de 2014 não contarão para que seja efetuada a renovação do empréstimo. 

Participantes que estejam em situação de inadimplência com a PREVI e que tenham demandas judiciais referentes a Empréstimo Simples e Financiamento Imobiliário não podem requerer a suspensão da cobrança das prestações do ES.

15 comentários:

  1. COMO DIZ NO NORDESTE: SÓ TEM FELA

    ResponderExcluir
  2. edmundo a domingues jr7 de janeiro de 2014 22:15

    Fiquei emocionado com a solução da Previ suspendendo por 3 meses a cobrança do ES. Quanto desprendimento com o nosso dinheiro! Mas não fiquem tristes porque vamos ter um reajuste anual de 5,7% (ou menos), que vai dar pra comprar AAS pra prevenir AVC e losartana pra evitar infarto. Já cheguei à conclusão de que nem despacho pra Exu dá jeito nos caras da PREVI. Só porrada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tambem, Edmundo!!!!! Quanta generosidade da Previ!!!!! Estamos nas mãos de dirigentes comandados pelos PTralhas.....e pelo Banco.....pobre de nós!

      Selenita Caetano Leite

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Também acho!!!

      Excluir
    4. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    5. Entre com a ação: 30% consignado - A ANAPLAB patrocina essa ação.

      Excluir
  3. Prezada Leopoldina,

    Mas um efeito -- acredito que originado na Novembrada -- já ocorreu, pois em 2013 a proposta de suspensão encaminhada pela ANAPLAB foi sumariamente rejeitada por "impossível face ao artigo 29 do Regulamento!!!!".
    Agora voltaram atrás??
    De outro lado, esses três meses, apesar de obviamente continuarem a contabilizar os encargos, serão diluídos no prazo total do ES (no meu caso faltam ainda mais de 90 meses), além da possibilidade de dilação do prazo em mais seis meses caso sejam apresentados resíduos.
    Então, na prática, já ganhamos "no grito" um prazo maior para pagamento do ES.
    De qualquer forma, se TODOS solicitarem a suspensão, a PREVI ficará de "orelhas em pé" e olhará com mais cuidado as reivindicações formuladas por nossas associações sérias, ciente de que os associados estão atentos e conscientes da má gestão da atual Diretoria Executiva.
    Cumpre lembrar que a suspensão é um direito de todos os devedores do ES, precisem ou não, mas, repito, se TODOS a solicitarem, a pressão sobre a PREVI não será pequena.

    Luiz Faraco

    ResponderExcluir
  4. Pior do que perdoar um dinheiro que jamais receberiamos, porque nossos irmaos africanos não tem como pagar(juros e juros sobre um capital originariamente de R$100 mi), é o dinheiro sonegado pelos mega empresarios nacionais, como a Globo que deu um golpe de R$ 1bi na Receita Fed em 2002, e ninguém da imprensa noticia como deveria. E bem mais grave é o caso do cartel do metrô paulista, onde a roubalheira acontece ha mais de vinte anos. Devemos muito mais do que esse dinheiro imaginario aos negros africanos que fez essa mistura bonita e admirável no nosso amado Brasil. Não acho que esse exemplo que a sra deu, sobre o que é feito com o di nheiro publico, está correto. Alias, não sou negro, mas tenho cabelo pixaim e a pele bronzeada, um tipico mestico que so se encontras por aqui.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O problema todo é que esta gente que está no governo está achando que pode dar esmola com "chapéu alheio". O problema do perdão desta dívida é que abre caminho para o governo emprestar mais dinheiro a estes países como "fundo perdido". Para você ter uma ideia, a presidente deu mais de um bilhão de dólares ao governo cubano muito antes das contratações dos médicos cubanos. Quer dizer, os brasileiros não estão pagando impostos para sustentar um único país, mas outros países também. E ainda tem a questão da dívida interna... Do jeito que essa gente está endividando rapidamente o Brasil, logo, logo, nós vamos ter uma crise... Veja que o aumento do salário mínimo foi uma porcaria... isso já é um sinal claro daquilo que vem por aí... E o fim antecipado do Bet é um resultado claro dos prejuízos da previ com o caso do Eike. Bem, eu nunca vi ninguém jogar ações de uma empresa que nunca produziu nada na bolsa... Só podia dar no que deu... Agora, quem paga a conta pela irresponsabilidade são os aposentados e pensionistas...

      Excluir
  5. Meu caro Luiz Faraco, muito pior ainda de tudo o que você elencou, é permitirmos que uma quadrilha se aposse e PERMANEÇA nas cadeiras palacianas, no Banco do Brasil e na Previ - espoliando e destruindo a Nação - e nada aconteça a esses marginais. Onde estão as gloriosas Forças Armadas desse pobre país? Vestiram seus pijamas e se recolheram à sua insignificância? Só pode!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estamos numa democracia, colega. Se tem saudades da ditsdura, não tem mais jeito, é passado, felizmente. Agora só na próxima encarnação.

      Excluir
  6. RETIRADO DO SITE DO PROF. ARI


    Às Associações de Aposentados e Pensionistas do Banco do Brasil


    Sr. Presidente e colegas.

    NOTÍCIAS PRELIMINARES DA REUNIÃO COM A PREVI
    Presentes: O Presidente da PREVI, Dan Conrado, os Diretores Rene Sanda, Paulo Assunção, Vitor Paulo e Márcio (substituindo Marcel que está em viagem a serviço). O Conselheiro Fiscal Aldo Alfano, a Cons. Deliberativa Célia Larichia, Riede e Amaral pela ANABB, eu, pela FAABB, Gilberto e Odilon pela AAFBB.

    Nenhum avanço concreto e isso me deixou frustrada.

    A Previ abrirá em sua página o que chamam de “hot site”, onde todas as questões serão debatidas com participantes e assistidos.

    Foram passados os dados contábeis que justificaram a suspensão do BET e a volta das contribuições. As Reservas Matemáticas atingiram, em grandes números, 114.600 bilhões, assim, pelas normas legais, a Reserva de Contigência que necessita ser 25% das R Matemáticas deve estar em 28.650 bilhões. O superávit bruto somou 22.200 bi, ou seja, para cobrir a necessidade da Reserva de Contigência são necessários 6.450 bi e os Fundos Previdenciais tinham o saldo de aproximadamente 2 bilhões que, mesmo revertidos, como manda a Resolução CGPC 26, ainda não cobrem a necessidade de recomposição da Reserva de Contigência.

    Pleiteamos, com relação ao Empréstimo Simples que fosse dada opção de que os colegas optem pela suspensão do pagamento das parcelas por um ano. Negaram sob a alegação de que o saldo devedor será corrigido mesmo ao longo do período em que os pagamenos das parcelas esteja suspenso, esse atingiria um valor muito alto e inviabilizaria por longo tempo que, quando voltassem a pagar, os colegas não tenham condições de renovar. Argumentamos que fosse suspenso por pelo menos seis meses, ou seja, que as pessoas pudessem solicitar a suspensão por 3 meses, ou 4 meses, ou 5 meses ou 6 meses. O Presidente Dan Conrado afiançou que uma vez aberto o período de opção pela suspensão pelos três meses já deferidos pela PREVI, avaliariam, pela adesão, o número de interessados na medida para abrir estudos quanto a possibilidade de oferecer essas demais opções, ou seja, até 6 meses.

    Foram colocadas as questões do teto, cuja determinação da PREVIC estão em fase de elaboração de um documento a que chamam de Termo de Ajustamento de Conduta; a questão da não cobrança de contribuições para quem já verteu ao longo da vida mais de trezentos e sessenta contribuições para a PREVI. Como esses assuntos não tiveram qualquer solução definitiva vou comentar posteriormente os argumentos da PREVI para todos esses temas. Vou retornar a Belo Horizonte e vou redigir detalhes das discussões. Tão logo termine repassarei aqui no grupo e em mensagens as Associações filiadas à FAABB. A ANABB e a AAFBB também irão redigir as informações e as análises que cada uma fez da reunião.

    Isa Musa de Noronha

    08/01/14 16:49

    ResponderExcluir
  7. Onde DAN CHEGA, O DIABO TÁ JUNTO. EU que o diga.

    ResponderExcluir

  8. estou à investigação de empréstimo desde vários meses mas nunca tive aquilo. Se tiver necessidade de empréstimo de dinheiro o contactada Senhora CINZIA Milani, porque j tem seguidamente obter o meu empréstimo de 90.000 a semana passada por Senhora CINZIA Milani. Ao início mim n não acreditaram que vai ajudar-me mas é o contrário. JAI tendo em conta um testemunho sobre ele fazer o Sr. Charles Héros; A Sra. Muller Edwige Mme e Bernice julien é assim que mim lai contactado e encontrei satisfação
    existe muitos prestamistas específicos. Vocês que estão em situações difíceis
    Endereço email: cinziamilani62@gmail.com

    ResponderExcluir

O blog Olhar de Coruja apoia AMIR SANTOS - No 5 - candidato a DIRETOR DE PLANEJAMENTO NA PREVI