24 janeiro, 2014

MAIS UM ESCÁRNIO!!!

Caros Colegas,

Quero parabenizar os diretores PREVI. O Dia é do Aposentado, mas quem está de parabéns são estes asseclas petistas que se aboletaram no nosso Fundo de Pensão e DELE E NELE usam e abusam. Isto eu tenho que reconhecer. 

Parabenizo-os porque, com o apoio deste governo golpista, estão a nos vitimar com golpes e mais golpes, e permanecem inatingíveis.  Mas, lembremo-nos, foi com o nosso voto ingênuo que eles se fincaram lá.

Esses mestres na arte de enganar passaram o ano de 2013, através do site da PREVI, nos dando aulas e aulas de economia para nos ensinar como administrar nossos "maravilhosos e polpudos"  benefícios, e já, no começo de 2014, nos apunhalam pelas costas com o fim do BET. 

Sabem dar aulas de economia, mas  deixaram de cumprir nosso acordo porque não souberam administrar nossos recursos. Não cumpriram a determinação da PREVIC para que a aristocracia bebeniana devolvesse as aposentarias ilícitas recebidas por seus pupilos, pagas pelo nosso Fundo de Pensão. 

É muito abuso! É uma escrecência! Chega! Vamos para de sugar o dinheiro que tem a sagrada função de garantir a sobrevivência dos aposentados. Querem mais? Trabalhem! Parem de viver às custas da nossa desgraça!

Se vocês são tão bons profissionais, vão para Cuba com MBA de vocês. 

Se são assim tão competentes, até no raio que os partam, serão bons. Duvido! O exemplo está no fim do BET.

Cadê o Ministério Público? Os Direitos Humanos? O Presidente do STF, Ministro Joaquim Barbosa? A Anistia Internacional? Cadê o Estatuto do Idoso que foi promulgado pelo presidente Lula?

O dinheiro do Fundo de Pensão dos aposentados está sendo saqueado e nenhuma autoridade deste país vem em nosso Auxílio!

SOCORRO!!!             SOCORRO!!!                   
SOCORRO!!!
SOCORRO!!!


Art. 99. Expor a perigo a integridade e a saúde, física ou psíquica, do idoso, submetendo-o a condições desumanas ou degradantes ou privando-o de alimentos e cuidados indispensáveis, quando obrigado a fazê-lo, ou sujeitando-o a trabalho


excessivo ou inadequado:
Pena – detenção de 2 (dois) meses a 1 (um) ano e multa.


Art. 102. Apropriar-se de ou desviar bens, proventos, pensão ou qualquer outro rendimento do idoso, dando-lhes aplicação diversa da de sua finalidade:
Pena – reclusão de 1 (um) a 4 (quatro) anos e multa.


Como se não bastasse os golpes, ainda nos jogam na cara estes ESCÁRNIOS: 

    Edição: 428
Sexta-feira , 24 de Janeiro de 2014

PREVI homenageia participantes no Dia do Aposentado

Escárnio 1
Os participantes Carlos de Araújo Barreto e Francisco Carvalho Matos receberam ontem, 23/1, das mãos do diretor de planejamento da PREVI, Vitor Paulo Gonçalves, uma homenagem pelo Dia do Aposentado. O evento, promovido pela Associação Brasileira das Entidades Fechadas de Previdência Complementar (Abrapp) e pelo Sindicato Nacional das Entidades Fechadas de Previdência Complementar (Sindapp), teve a participação de representantes de diversos fundos de pensão do país.

Aposentadoria, mais tempo para você


Escárnio 2:
A aposentadoria pode ser aproveitada para colocar em prática coisas que apenas permaneciam na imaginação e no desejo, principalmente pela falta de tempo. Com a nova forma de encarar essa nova fase e as mudanças em relação à própria expectativa e qualidade de vida, muda também a perspectiva em relação ao planejamento para o futuro. Cada profissional deve encarar a aposentadoria da forma que achar conveniente – por exemplo, como um grande período de férias, ou como uma oportunidade de desenvolver um novo trabalho.

ESCÁRNIO 1:

No escárnio 1, usaram dois colegas,  desinibidamente, tentando comprar os aposentados com esses presentinhos medíocres;

ESCÁRNIO 2 :

No escárnio 2, nos aconselham a aproveitar nossas aposentadorias.
Aproveitar aposentadoria? Que aposentadoria? Que qualidade de vida? Férias? Novo trabalho? E quem é aposentado por invalidez por Acidente de Trabalho, pode arrumar outro emprego?

E o pior de tudo isso, meus caros colegas, é que estes nossos traidores vão formar chapa e vêm pedir nossos votos. 

Sinceramente, eu quero que estes infelizes se implodam (sic) de tanta ganância e ambição.

Não temos nada para festejar.

Com enorme pesar encerro esta postagem desejando a todos nós que tenhamos mais vergonha na cara e deixemos de votar neste bando! 

Leopoldina Corrêa


 

9 comentários:

  1. Boa noite Leopoldina, não me conformo com o fato dos aposentados por invalidez terem ficado de fora do superávit 2006, pois contribuíram igualmente , gostaria de ouvir sua opnião principalmente por fazer parte deste grupo que ficou duplamente prejudicado, penso em entrar com ação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida/o, a minha aposentadoria por invalidez é de dez/98. Quem pode te ajudar sobre isso é nosso colega Gilvan/ANAPLAB tel 041- 3035 2095.

      Pode ligar que ele vai ter prazer em ajudá-la/o.

      Excluir
  2. Leopoldina,Carlos de Araujo Barreto está rindo para as paredes.Além dessa homenagem,recebeu também RENDA CERTA proporcional a 48 meses.Posse em 1962,aposentado em 1996. Cada parcela mensal de , mais ou menos 12.000,oo ,total 576.000,oo de Renda Certa.A previ sabe a quem homenagear.

    ResponderExcluir
  3. Rogério Luiz Carvalho25 de janeiro de 2014 10:47

    Amiga Léo, lavou-me a alma o post, isto não é mais descalabro contra os idosos, isto tudo que está acontecendo é roubalheira mesmo, deste governo Petralha. O código do idoso é somente para bonito, é para o Lula aparecer perante as outras nações. Um abração amiga e continue sempre denunciando estas atrocidades cometidas contra nós aposentados. Obrigado, Paz e Bem. Rogério

    ResponderExcluir
  4. Dona Leopoldina. Resido na Costa do Sol (Região dos Lagos) e mesmo assim, compareci à previ no dia 25/11/2013 em apoio à Novembrada. Esta é a primeira e a derradeira vez que pretendo me manifestar sobre assuntos referidos em seu blog. Peço antecipadamente desculpas, mas não consigo entender um determinado fato que não posso deixar de registrar.
    Na Novembrada, que foi feita pela ANAPLAB na sede da previ e que tinha em vossa senhoria sua principal representante, lembro-me bem, do entrevero que teve com uma, supostamente colega, de nome Elisa, na presença de todos que lá se encontravam, por entender que aquela senhora estava tentando pegar carona e assumir a liderança do movimento de sua iniciativa e tão bem conduzido. Lembro também que por tal motivo a senhora abandonou o evento, tendo se retirado, abruptamente, fazendo-se acompanhar da advogada da ANAPLAB. Confesso que permaneci solidário com sua atitude, até poucos dias atrás, porque percebi os fatos ocorridos da mesma forma que vossa senhoria.
    Assim, em razão da idade (81anos) e não mais dispondo de saúde para comparecer a eventos como a Novembrada, tive a intenção de me associar da sua associação (ANAPLAB) para participar da ação civil pública que está patrocinando.
    Porém, depois de saber, por colegas amigos, que a mesma senhora Elisa tem atuado como assistente jurídica do escritório da advogada da ANAPLAB, no Rio de Janeiro, a qual assina a referida ação, resolvi suspender minha inscrição e adesão até que seja esclarecida tal situação.
    Ou o desentendimento ocorrido entre vossa senhoria e a suposta colega Elisa foi só um jogo de cena?
    Sinceramente, espero uma explicação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico imensamente feliz a cada novo associado que se junta à nossa Associação, como o colega Gilvan já explicou sobre a nossa ação, não procede as informações de seu "amigo", e espero deixá-lo à vontade para decidir se entra ou não para nossa entidade.

      Quanto à colega Elisa, se a mesma quiser, poderá ela mesma dar-lhe as informações que quiser. O espaço é abertos a todos.

      Att.

      Leopoldina Corrêa

      Excluir
  5. Esclarecimentos ao anônimo das 12.18

    A ação civil pública patrocinada pela ANAPLAB, e ajuizada em 23/01/2014, não foi elaborada pelo escritório Sylvio Manhães do Rio de Janeiro e sim pela Advogada Neuza Vegini, de Florianópolis.
    No escritório Sylvio Manhães não existe nenhuma funcionária ou prestadora de serviços com o nome de Elisa.

    Atenciosamente.
    Gilvan Rebouças
    Vice-Presidente Financeiro - ANAPLAB.

    ResponderExcluir
  6. Leopoldna,
    Não caia em provocações! A luta é outra! Embora os nomes sejam os mesmos. Na conviv~encia dos 34 anos de BB as lideranças são as mesmas...por quê?...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu caro, não se preocupe!

      Repare que eu não saio por aí atirando pedras em ninguém. Porém, quando invadem o meu espaço para me bater, eu dou o troco. Eu adoro ser provocada. Sabe porque? Vou te dizer: quem vem me bater apanha mais do que eu. Opinião e boca cada um tem a sua e eu respeito todas.Portanto, tenho o direito de defender as minhas: no meu blog, no meu jornal, na minha tv e mais recentemente na minha rádio. Já reclamaram dizendo que "é muito poder midiático nas mão de uma só pessoa". Não concordo, a internet está aí a disposição de qualquer pessoa e muita coisa é de graça QUALQUER PODE FAZER.

      Leopoldina Corrêa

      Excluir

O blog Olhar de Coruja apoia AMIR SANTOS - No 5 - candidato a DIRETOR DE PLANEJAMENTO NA PREVI