06 março, 2015

Operação Salva Mandato

BRASÍLIA - Depois da Lava Jato, vem aí a Operação Salva Mandato. É o que se discute no Congresso diante da divulgação diária de novos nomes de parlamentares na lista de investigados no petrolão. 

Integrantes da bancada governista estão sendo orientados a repetir que a abertura de inquéritos no Supremo Tribunal Federal não será motivo suficiente para justificar a instauração de processos de cassação. 

O discurso tem um objetivo claro: bloquear o andamento das primeiras representações que devem chegar em breve aos Conselhos de Ética da Câmara e do Senado. 

Por ora, PT e PMDB vão sustentar que os processos de cassação só poderão começar quando os inquéritos se transformarem em denúncias ou ações penais. Isso pode levar meses, devido à quantidade de casos nas mãos do ministro Teori Zavascki. 

Se a tática governista for cumprida à risca, as primeiras representações por quebra de decoro serão arquivadas de imediato, sem que os parlamentares analisem as provas contra os colegas citados na operação. 

A abertura de inquéritos não é sinônimo de culpa, mas o Ministério Público Federal já reuniu indícios suficientes de que diversos políticos quebraram o decoro ao negociar com a quadrilha que roubava a Petrobras. 

Em dezembro, os mesmos partidos que articulam a pizza adotaram outro critério ao cassar o deputado André Vargas, eleito pelo PT do Paraná. Ele perdeu o mandato três meses antes da divulgação da lista de Janot.
*
O ministro Luis Felipe Salomão, relator da Lava Jato no STJ (Superior Tribunal de Justiça), é o favorito do PMDB para a vaga deixada por Joaquim Barbosa no Supremo. 

Ao assumir sua cadeira atual, ele agradeceu o apoio de dois líderes do partido no Rio: Sérgio Cabral e Eduardo Cunha, ambos citados na operação. Agora deverá conduzir inquérito contra o governador Luiz Fernando Pezão, também do PMDB.



Um comentário:

  1. Sempre vão querer colocar o Pezão no meio das confusões e polêmicas, mas a verdade é que por mais que não aceitem, ele não está envolvido.

    ResponderExcluir

O blog Olhar de Coruja apoia AMIR SANTOS - No 5 - candidato a DIRETOR DE PLANEJAMENTO NA PREVI